Por: José Renato Gonçalves

O mundo está mudando de forma cada vez mais rápida e a tecnologia passa a nos rodear em praticamente todos os aspectos da vida. Mobilidade, informação, tecnologias em nuvem e sociais estão traçando um novo futuro. Expressões como Big Data, conteúdo em tempo real e análises fazem parte deste novo mundo.

Os hábitos de todos foram impactados. A expectativa dos consumidores de tecnologias está cada vez maior e estas mudanças afetam não somente o modo como gerenciamos nossas vidas pessoais, mas alteram também nossa forma de trabalhar.

Neste contexto, empresas se apoiam cada vez mais no que chamam de “transformação digital” dos seus clientes. Mais do que isso, há um esforço monumental e uma corrida para se tornarem o parceiro de confiança neste processo de mudanças.

Na dinâmica corporativa (B2B), este movimento fica ainda mais evidente quando levamos em conta as vantagens do uso de plataformas digitais, especialmente para inovar e agregar valor a um produto ou serviço. Os modelos de negócios agora se baseiam na necessidade de engajar funcionários, parceiros e clientes, tudo para manter a confiança.

Do ponto de vista tecnológico, os clientes precisam de soluções inteligentes e móveis, para atendê-los em qualquer lugar e a qualquer momento. Tudo isso, com conectividade ilimitada, segura e flexível para suas aplicações.

Restam ainda, neste contexto de mudanças, os desafios para operar, organizar e otimizar as capacidades de cada empresa. É preciso olhar globalmente e inteiramente para a necessidade de cada cliente, e desenhar não só a solução que ele precisa, mas aquela que vai realmente atingir o seu objetivo de negócio, dentro da chamada transformação digital.

Ao contrário do que muitos pensam, digitalizar é simplificar, tanto para clientes como para funcionários. É sobre tornar a vida mais flexível, mais equilibrada. É ampliar a capacidade de comunicação de um indivíduo ou corporação. Por isso, esse novo mundo digital tem sido considerado uma transformação, onde as oportunidades e possibilidades são infinitas.

José Renato Gonçalves, formado em engenharia, é gerente de vendas da Orange Business Services