A Interop Technologies, uma provedora global de redes de comunicações e serviços de gerenciamento baseados em nuvem, anunciou hoje que sua Nuvem de Serviços de Comunicações Ricas (RCS - Rich Communications Services) incorpora totalmente os recursos descritos no Perfil Universal ( UP - Universal Profile) 1.0 da GSMA. Como uma solução completa de mensagens ricas de ponta a ponta, A Nuvem RCS da Interop foi criada para suportar dispositivos RCS nativos através de servidores baseados em nuvem e interconectar com operadoras em todo o mundo. As tecnologias RCS patenteadas da Interop fornecem às operadoras e às fornecedoras de serviços de comunicações (CSPs - communication service providers) uma maneira rápida e eficiente de lançar uma solução de mensagens rica baseada em padrões, sem as despesas ou a complexidade associadas com a criação de seus próprios serviços de rede IP.

O RCS é o protocolo de comunicação que sucederá o tradicional serviço de mensagens curtas (SMS - short message service) e o serviço de mensagens em multimídia (MMS - multimedia messaging service) de amplo uso comum atualmente. Os recursos incluem mensagens instantâneas, chats pessoais e em grupo, mensagens de áudio, compartilhamento de vídeos, transferência de arquivos e compartilhamento de local sem necessidade de baixar um aplicativo. Apoiando o Perfil Universal 1.0, a solução RCS da Interop habilita comunicações entre pares (P2P – peer-to-peer) entre outras operadoras com habilitação para RCS ou provedoras de serviços em nuvem, para fornecimento de ubiquidade do serviço para usuários de todo o mundo.

"Desde o anúncio do Protocolo Universal 1.0 da GSMA, temos observado uma significativa quantidade de interesse em nossa Nuvem RCS a partir das operadoras de todo o mundo e estamos atualmente nas fases de implementação com várias delas", disse Steve Zitnik, Vice-Presidente Executivo e Executivo-Chefe de Tecnologia da Interop Technologies. "A fundação da nossa companhia foi baseada na tecnologia de mensagens, portanto o RCS era o próximo passo lógico para nós quando começamos a desenvolvê-lo, há mais de oito anos. Continuamos a desenvolver nossa plataforma na medida em que as especificações avançaram ao longo dos anos e estamos contentes pela indústria móvel estar, finalmente, unida nessa iniciativa".

A implementação das especificações do Protocolo Universal 1.0 estabelece a base para o lançamento do Protocolo Universal 2.0, o qual inclui o movimento na direção da mensagem-como-uma-plataforma (MaaP – Messaging-as-a-Platform) para ajudar as operadoras e CSPs a capitalizarem em novas oportunidades de receita com mensagens do aplicativo para a pessoa (A2P) e RCS. "Uma variedade de serviços e aplicativos geradores de receitas será realizada através do Protocolo Universal 2.0, através de assistentes virtuais (chatbots), plugins, IA e aplicativos de terceiros, criando uma forte motivação comercial para o RCS", disse Zitnik. "É por isso que a Interop já iniciou os planos de implementação para o Perfil Universal 2.0 lançado no mês passado".

Em 2012, a Interop foi a primeira a lançar e a demonstrar retrocompatibilidade total e interfuncionamento com equipamentos tradicionais em uma operadora de rede ao vivo, usando o cliente Jibe (agora Google). Em 2013, depois de passar por vários testes rigorosos, a GSMA designou a Interop como uma provedora credenciada de soluções RCS hospedadas. Em 2014 e em 2016, O Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos concedeu à Interop suas patentes para sua tecnologia RCS.

A Interop Technologies estará expondo no Estande #S.956 de 12 a 14 de setembro no próximo Congresso Mundial de Telefonia Móvel Américas, em San Francisco.

Visite o endereço www.interoptechnologies.com/media-kit para baixar imagens e obter informações.