Hiperautomação: saiba as vantagens e formas de aplicá-la em seu negócio

Hiperautomação: saiba as vantagens e formas de aplicá-la em seu negócio

A partir da automação de tarefas, é possível reduzir erros e melhorar a experiência do cliente

Por Danielle Franklin, diretora comercial da Scala, empresa do Grupo Stefanini

A transformação digital tem sido uma prioridade para as empresas em todo o mundo, à medida que buscam otimizar seus processos e melhorar a eficiência operacional. Nesse cenário, a hiperautomação surge como uma ferramenta poderosa, que incorpora uma variedade de tecnologias avançadas para automatizar e aprimorar atividades internas.

Com recursos como a inteligência artificial, machine learning e análise de dados, as possibilidades de automação se expandiram, permitindo que as empresas automatizem tarefas repetitivas e manuais, liberando recursos humanos para atividades de maior valor agrega.

Atendendo à crescente demanda por eficiência e rapidez nos processos internos e conectando todas as ferramentas tecnológicas em um único sistema, a hiperautomação surge como uma aliada para esse contexto. Assim, um dos principais benefícios da automação é o aumento da produtividade, em que tarefas simples e corriqueiras, que não demandam tanta estratégia para ser resolvida, podem ser solucionadas por meio da hiperautomação. Por exemplo, preenchimento de formulários, processamento de dados, atualização de registros e triagem de e-mails, podem ser facilmente automatizados.

Além disso, os chatbots e assistentes virtuais podem ser utilizados para responder a perguntas frequentes e fornecer suporte ao cliente de forma imediata e consistente, sendo possível direcionar os colaboradores para aspectos mais importantes. É comum que pequenos erros aconteçam em tarefas repetitivas e, com o uso de robôs para realizar esse tipo de serviço, o índice de erro tende a ser reduzido, sendo mais um benefício da hiperautomação.

Aumentando a produtividade e diminuindo erros, é esperado que sua empresa colha bons frutos em seus projetos. É possível, por exemplo, realocar colaboradores em áreas que precisem de mais atenção e estratégia, otimizando sua equipe, melhorando resultados e aprimorando a experiência do cliente.

Agora que você já sabe os benefícios da hiperautomação, é hora de entender qual a melhor forma de implementar essa tecnologia tão abrangente, que é, sem dúvidas, um processo desafiador, complexo e exigente, mas recompensador. É necessário integrar recursos e soluções para estabelecer um ambiente automatizado e coeso.

Para garantir o sucesso da implementação, vale considerar as tecnologias e soluções já disponíveis no mercado, para assim analisar processos e atividades e identificar as principais áreas da empresa que podem se beneficiar da hiperautomação. É importante determinar objetivos claros e KPIs que podem ser aprimorados com essa abordagem. Procure por soluções confiáveis, comprovadas e que se encaixem nas necessidades do seu negócio.

Além disso, criar um fluxo de trabalho automatizado e que integre diversos sistemas e soluções é essencial. Uma dica é utilizar modelos de treinamento de machine learning para aprimorar a eficiência e precisão das operações automatizadas, garantindo a qualidade e segurança dos processos envolvidos, a fim de proteger informações. Por fim, ter o suporte de uma empresa especializada em automação te ajudará a otimizar suas escolhas. Os especialistas podem auxiliar na implementação, fornecer orientações estratégicas e contribuir com o fluxo da equipe.

Lembrando que a hiperautomação é uma jornada contínua e dinâmica. Se decidir implementar essa tecnologia em sua empresa, é interessante o monitoramento e avaliação constante de resultados, para identificar oportunidades, melhorias e ajustar estratégias conforme necessário.

Share This Post

Post Comment