Agibank poupa quase 100 toneladas de papel por ano com gestão Paperless

Agibank poupa quase 100 toneladas de papel por ano com gestão Paperless

A adoção de boas práticas de sustentabilidade é cada vez maior no mundo. E no Agi não é diferente. Em prol da eficiência e do planeta, a instituição tem investido cada vez mais em projetos, serviços e atitudes baseadas na pauta ESG, sigla em inglês que contempla ações de preservação ambiental, social e de governança corporativa.

A partir de iniciativas de eliminação no uso do papel, a companhia já poupa quase 100 toneladas de folhas por ano, o que significa que cerca de 2.065 árvores são protegidas neste período. Além disso, são economizados mais de 206 milhões de litros de água por ano, já que segundo informações da organização mundial Water Footprint Network, se gasta em média 10 litros de água para produzir uma única folha de papel. Os dados apresentados pelo Agi foram auditados pela PwC, uma das maiores multinacionais de consultoria e auditoria do mundo.

O projeto chamado paperless -- sem papel, em português - foi acelerado em 2020 por conta da pandemia e causou uma grande mudança, já que digitalizou as mais de 880 lojas distribuídas por todo o Brasil. Além de eliminar a impressão de contratos, a iniciativa proporcionou muito mais agilidade e segurança para os clientes e para o negócio. De lá para cá, todos os contratos são disponibilizados prioritariamente em uma plataforma digital, onde o cliente tem acesso para visualizar todas as informações do produto contratado e assinar digitalmente, sem a necessidade de um documento físico.

“No Agi, utilizamos o Face Match, uma tecnologia de verificação de identidade por inteligência artificial, que faz uma averiguação de uma selfie com a imagem de um documento, analisando características pessoais presentes no rosto”, explica Marcelo Oliveira, diretor de Tecnologia da instituição. Ainda de acordo com ele, quando há coincidência de elementos nas imagens que possibilitam que o sistema entenda que as duas se tratam da mesma pessoa, há o Face Match e assim, é possível dar andamento na formalização do contrato.

Além disso, o Agi criou e adotou um aplicativo específico para os mais de 3 mil colaboradores das lojas em todo o Brasil. Com a tecnologia, o consultor precisa apenas tirar uma foto do documento de identificação que, automaticamente, todas as informações são inseridas no sistema, gerando o contrato digital.

Em termos de mercado, o impacto da gestão “sem papel” também reflete em ganhos na eficiência operacional e na segurança da informação. “Quando aderimos ao modelo paperless, todas as informações, documentos e fluxos de trabalho ficaram integrados em um único sistema, que garante serviços mais ágeis, proporcionando um ganho significativo de performance. Outro importante ponto positivo é que todos os documentos armazenados ficam protegidos por criptografia e seu manuseio é todo rastreável, ou seja, ganham a empresa e o planeta”, finaliza Marcelo.

Vale destacar ainda que, em todo o mundo, aproximadamente 3% do lucro das empresas é destinado para papel, impressão, armazenamento e manutenção de documentos, segundo pesquisa da empresa de consultoria Gartner.

Agi Campus - otimização em eficiência energética e redução no consumo de água

Outra iniciativa que demonstra o compromisso do Agi com o meio ambiente é a sede em Campinas - o Agi Campus -, que fica no Distrito Industrial, no Parque Corporativo Bresco Viracopos, em um prédio com 19 mil m² que possui certificação LEED Gold -- Leadership in Energy & Environmental Design - concedida pelo Green Building Council e é considerada uma das mais altas em sustentabilidade.

O espaço - totalmente alinhado com as premissas de inovação e bem-estar da instituição - é coberto porpainéis solares, possui uma arquitetura que maximiza a mobilidade e a iluminação natural, além de contar com um condicionamento de ar altamente eficiente, reuso de água, tratamento de efluentes, estacionamento para carros elétricos, entre outras soluções.

Share This Post

Post Comment