Com a previsão do mercado de IaaS (sigla em inglês para infraestrutura-como-um-serviço) crescer sua receita em 41% anualmente até 2016[1], cada vez mais empresas estão considerando terceirizar seus serviços de TI, e com isso, a tecnologia equipada nos serviços e aplicativos baseados em nuvem importam mais do que nunca. No intuito de ajudar as organizações de TI a tomar melhores decisões e estarem mais bem informadas, assegurando o melhor desempenho para seus aplicativos em nuvem, a Intel Corporation está trabalhando em equipe com 16 provedores de serviços em nuvem (CSPs) de todo o mundo para apresentar o programa Intel® Cloud Technology. A iniciativa pioneira fornecerá aos usuários de nuvem uma visão clara da tecnologia que equipa a infraestrutura dos CSPs antes que eles comprem quaisquer serviços ou instâncias. Os CSPs participantes serão reconhecidos pelo uso do logo “Powered by Intel® Cloud Technology” para diferenciar seus planos baseados na Intel onde o desempenho e as capacidades de segurança do hardware adjacente se tornam transparentes para o usuário final.provedor de internet

Esses anúncios dão continuidade ao Intel Developer Forum de setembro do ano passado, onde a Amazon Web Services* (AWS) e a Intel anunciaram uma colaboração para divulgar aos clientes as especificações, o desempenho, a qualidade e os benefícios de segurança da tecnologia Intel usada nas instâncias da AWS.

“De forma muito semelhante à escolha de um carro, o tipo do mecanismo afeta nossa decisão e a experiência de condução independentemente de onde a gente compre ou faça o leasing”, disse Jason Waxman, vice-presidente do Data Center Group e gerente geral do Grupo de Plataformas em Nuvem da Intel. “Os usuários da nuvem querem saber em qual tecnologia seus aplicativos estão rodando, pois isto afeta diretamente seus negócios. Pela primeira vez, os usuários agora poderão ver e escolher as tecnologias que afetarão as capacidades e custos para que seus aplicativos sejam rodados na nuvem”.

A Intel há muito tempo oferece um inovador portfólio de recursos de desempenho, confiabilidade e segurança que estão equipando os atuais serviços em nuvem. Até agora, os usuários finais tinham pouco controle do hardware que usam nas nuvens públicas, o que poderia resultar em uma variação de até 60% no desempenho[2] devido ao ambiente heterogêneo.

Na América Latina, fazem parte, inicialmente, do programa Locaweb e UOL. Eduardo Maldonado, diretor do UOL Cloud, destaca a iniciativa da Intel e elenca as vantagens aos clientes UOL. “Ouvindo a demanda de seus clientes corporativos compostos por pequenas, médias e grandes empresas, o UOL optou por integrar-se ao programa Intel Cloud Technology por entender que os recursos fornecidos pela tecnologia Intel são determinantes para que se possa ter soluções de segurança robustas, como o mundo de hoje requer, adicionados de uma altíssima performance e com a flexibilidade que uma plataforma de nuvem como a do UOL exige. Essa flexibilidade garante que o UOL possa se adequar  a necessidade de segurança e disponibilidade que qualquer tamanho de negócio necessita”, conclui Maldonado.

“A Intel é parceira de tecnologia da Locaweb há tempos, e esteve junto conosco desde a primeira geração do nosso Cloud Computing”, conta Camila Kamimura, gerente de Marketing de Produtos IaaS & PaaS na Locaweb. “Ter com o selo "Powered by Intel Cloud Technology" em nossos produtos é um importante reconhecimento de nossos massivos investimentos em aprimorar o Cloud Computing no país e também um endosso de nossas ofertas de Cloud Server Pro e Jelastic Cloud para pequenas empresas, empreendedores e desenvolvedores web, assim como para os serviços de nuvem privada e híbrida presentes no portfólio corporativo”, finaliza Camila.

Além da Virtustream (EUA), Canopy* - uma empresa ATOS* (Reino Unido), Cloud4com* (República Tcheca), CloudWatt* (França), Expedient* (EUA), KIO Networks* (México) , KT* (Coréia), UOL (Brasil), Localweb*(Brasil), NxtGen* (Índia), Online.net* (França), OVH* (França), Rackspace* (EUA), Savvis* - uma empresa CenturyLink* (EUA), Selectel* (Rússia), já se comprometeram a participar do programa.

Por trás do programa: quando os segundos contam

Até a menor mudança no desempenho da instância na nuvem pode afetar as vendas nos sites de comércio eletrônico. Por exemplo, o Shopzilla* aumentou sua receita em até 12% apenas ao acelerar o carregamento da sua página de sete para dois segundos5. Para compradores empresariais e outros de TI avaliando serviços de nuvem híbridos ou públicos, os CSPs participantes do programa Intel Cloud Technology fornecerão informações detalhadas sobre as CPUs, os recursos de aceleração de hardware, o armazenamento, o software e as capacidades de rede disponíveis – tudo podendo ter um impacto significativo em aplicativos, custos e experiências do usuário final.

Os CSPs promoverão os benefícios para os usuários das tecnologias Intel Cloud que equipam seus serviços por meio de diversos canais de comunicação. As capacidades disponíveis atualmente dos CSPs participantes visam aumentar significativamente o desempenho dos aplicativos e a segurança dos dados dos usuários finais e incluem a Intel Turbo Boost Technology, Intel Advanced Vector Extensions (AVX), Intel Data Protection Technology with Advanced Encryption Standard New Instructions (AES-NI) e Intel Virtualization Technology (VT).

Além disso, a Intel estimulará campanhas de marketing direto e participará em atividades de marketing conjunto com os CSPs parceiros do programa para educar os clientes sobre as tecnologias adjacentes, seu impacto no desempenho dos aplicativos, na experiência do usuário e, finalmente, nos negócios. Compreender as capacidades de serviço ajuda o usuário da nuvem a tomar melhores decisões na hora de comprar instâncias que podem resultar em significativas economias de custos.

Por exemplo, a Novartis Pharmaceuticals* realizou uma análise extensa das instâncias para descobrir que uma instância premium de alto desempenho resultaria em uma economia de até 65%2, reduzindo as opções de desempenho ao combinar as capacidades disponíveis com os requisitos específicos de suas cargas de trabalho. Isso também as permitiu reduzir significativamente o tempo gasto com o processamento e uma revisão mais rápida dos projetos.

Intel®Cloud Finder ajuda a encontrar o CSP certo para o trabalho

A ferramenta Intel Cloud Finder, que ajuda os usuários finais a reduzirem a complexidade para a identificação do melhor serviço de nuvem ao fornecer um guia de comparação entre mais de 50 CSPs e 80 requisitos para o usuário final, estará integrada ao programa Intel® Cloud Technology. Um novo recurso para permitir que o usuário final escolha a opção de “teste” desses serviços. A habilidade de “testar” os serviços antes da compra fornecerá aos tomadores de decisões de TI uma melhor compreensão das tecnologias adjacentes e garantirá que os serviços sejam ideais para suas cargas de trabalho antes da compra.

Mais informações sobre o anúncio, com vídeos, animações e fotos estão disponíveis em https://newsroom.intel.com/docs/DOC-4854.

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder mundial em inovação. A empresa projeta e fabrica as tecnologias essenciais que servem como base para os dispositivos computacionais de todo o mundo. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em https://newsroom.intel.com/community/pt_br.

Siga a Intel no Twitter e no Facebook: https://twitter.com/intel_la e https://www.facebook.com/IntelLatinoAmerica.

Intel, Intel Core e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

1 451 Relatório e acompanhamento de fim de ano dos provedores de nuvem e tecnologias de suporte para a nuvem.

2 A diferença em custo na hora de escolher a melhor instância para uma carga de trabalho altamente paralela em comparação com a instância de menor desempenho, como compartilhado pela apresentação de Steve Lister da Novartis durante o discurso de Jason Waxman da Intel na Conferência Reinvente em novembro de 2013. https://www.youtube.com/watch?v=Y04LEoIVRKY

3 Apresentado na conferência IDC Directions 2013, apresentação “Decisões Econômicas para a Nuvem: Principais Problemas dos Valores Empresariais Que Influenciarão a Compra da Nuvem” de Randy Perry, VP de Estratégia para Valor Empresarial, Março de 2013.

4 Pesquisa apresentada na conferência HotCloud 2012, “Explorando a Heterogeneidade de Hardware dentro do Mesmo Tipo de Instância na Amazon EC2” https://www.usenix.org/system/files/conference/hotcloud12/hotcloud12-final40.pdf

5 Estudo da Cisco 2012 “Teste de Desempenho de Harmonia da Nuvem: A Escolha da Nuvem Pública de Alto Desempenho para Aumentar os Benefícios Econômicos”.