Administração da cadeia logística: fator decisivo em datas sazonais

Administração da cadeia logística: fator decisivo em datas sazonais

Por Vinícius Pessin, CEO da logtech Eu Entrego

Às vésperas da data mais aquecida do varejo global, empreendedores esperam bons resultados para este Natal, e preparam as operações logísticas para manter as entregas em dia. Assim, a solução para obter resultados positivos é a integração de toda a cadeia de suprimentos. Isso quer dizer que fornecedores, centros de distribuição e operadores logísticos devem desempenhar seus papéis com precisão e, para isso, inovação é ponto-chave.

A cadeia logística é decisiva para ter competitividade em datas sazonais e, para garantir resultados de excelência nos negócios e na jornada do cliente, a tecnologia é fatalmente a maior aliada. Em tempos de transformação digital, a TI não é mais um diferencial nos negócios, mas, sim, uma estratégia essencial. Quando falamos de logística, plataformas avançadas podem revolucionar o segmento.

Tecnologias como roteirização otimizada baseada em machine learning para aprimoramento das rotas contribuem significativamente na otimização do processo de entrega, principalmente quando os clientes se encontram em locais dispersos e quando as mercadorias tendem a percorrer longas distâncias até chegarem ao destinatário.

Outras ferramentas que podem revolucionar os negócios de uma empresa, qualquer que seja seu segmento, são: tracking em tempo real, que permite a visualização do entregador e a sincronização da coleta com comprovante de entrega e de pagamento; gestão de entregas por meio de torre de controle, que permite o acompanhamento de frota própria ou terceirizada e o aprimoramento da operação logística com base nos dados coletados; e sistema de expedição eficiente, que organiza todas as etapas da expedição, eliminando os gargalos da operação.

No varejo, a sazonalidade é parte do negócio, e é sabido que determinados períodos do ano são responsáveis pela oscilação entre oferta e demanda. O aumento das vendas em épocas específicas tem relação direta com a capacidade de atendimento aos clientes. As operações de produção, vendas e distribuição são as principais afetadas, já que entregar o grande volume de pedidos fora do prazo não é uma opção.

O efeito da sazonalidade também pode ser um fator importante na tomada de decisão, em que comercializar determinados produtos pode ser uma virada de chave para extrair os melhores resultados nas vendas - e junto disso, devem ser consideradas todas as variáveis para otimizar as operações logísticas nesses períodos.

Hoje, todos esses desafios podem ser geridos com indicadores assertivos, e as etapas relacionadas às vendas podem ser programadas com antecedência. O objetivo é sempre ampliar a capacidade da empresa para atender a seus consumidores. Fato é que quem se planejar com antecedência e apostar na inovação e automação das operações logísticas vai sair na frente.

Share This Post

Post Comment