Branding: como destacar sua marca no mundo do marketing?

Branding: como destacar sua marca no mundo do marketing?

Por Clóvis Souza, fundador e CEO da Giuliana Flores

Vender mais. Esse é o desafio diário das marcas no cenário global. Uma pesquisa da Sponsorb, realizada com os principais líderes corporativos do Brasil, revelou que o maior desafio das organizações atualmente é o aumento do faturamento e da lucratividade. Cerca de 80% considera que a principal dificuldade estratégica está na busca de novas linhas de receita e negócios.

Para resolver essa dor, o branding, alinhamento entre marca, negócio e comunicação, pode ser a chave. Ou seja, a marca passa a se relacionar com seus públicos com propósito, promovendo impactos positivos ao mundo. Nesse sentido, o universo do marketing é responsável por criar conexões conscientes e inconscientes que motivam o cliente a escolher a marca, o produto ou o serviço.

Todas as escolhas que uma organização faz, como a criação de logotipo, discurso, tom de voz, valores da empresa, jingles e comunicação omnichannel, ajudam a construir a personalidade do negócio. Esses elementos contribuem para a concepção de um valor e, assim, cria-se significado por meio de símbolos.

De acordo com uma pesquisa realizada por Ana Couto Branding, quando uma marca consegue se conectar verdadeiramente com o consumidor por meio do seu propósito, a percepção de preço pode mudar: 67% dos entrevistados disseram estar muito dispostos a comprar um produto de uma marca que se conecte com eles a partir de uma ideia comum. Além disso, dispõem-se a pagar mais por isso, já que enxergam valor real nessa aquisição.

Mas como destacar sua marca no mundo do marketing? Por meio de uma boa gestão é possível conquistar e fidelizar cada vez mais clientes. Para isso, o primeiro passo é entender qual é a essência do seu negócio. Com objetivos claros, fica mais fácil definir conteúdos relevantes para levar ao seu público, conectando esses consumidores com os propósitos.

Algumas marcas, como a Natura, utilizam muito o branding emocional. A companhia comove seus consumidores, principalmente em datas comemorativas, como Dia das Mães, Pais ou Namorados, com sua essência sustentável e social para atingir e conquistar o público. Dessa maneira, torna-se mais do que uma simples empresa de cosméticos no imaginário coletivo.

Depois de finalizar as etapas estratégicas e de desenvolvimento da identidade, é hora de comunicar. Disseminar conteúdo relativo ao segmento vai ajudar a construir autoridade. Aqui é bom até mesmo ser repetitivo, porque quando lembrarem de um tema, lembrarão da marca.

Também é importante entender qual é o melhor formato de conteúdo para cada rede – Instagram, LinkedIn, YouTube, Blog, canais especializados, entre outros. Faça um planejamento de frequência e seja firme ao segui-lo. O conteúdo só vai para frente se tiver consistência e atender às necessidades dos seguidores.

Outra dica importante é oferecer e garantir uma boa jornada de compras, com significado além do simples consumo. Cada dia mais pessoas procuram por experiências que vão além. Isso vai desde o simples e bom atendimento de um mercado de esquina até um evento, um desconto ou a distribuição de brindes com ideias que conectam a marca aos desejos do cliente.

Com algumas estratégias contundentes e muita emoção em suas ações, é possível construir uma reputação sólida, materializar o profissionalismo da empresa e abrir novas oportunidades de negócios, que dificilmente seriam possíveis sem a construção da marca.

Share This Post

Post Comment