Microsoft + ChatGPT: à frente de seu tempo! Não é o fim do metaverso, mas empresas precisam “gastar balas” de maneira mais eficiente

Microsoft + ChatGPT: à frente de seu tempo! Não é o fim do metaverso, mas empresas precisam “gastar balas” de maneira mais eficiente

Para especialista, movimento da bigtech é bem comum e já aconteceu em todos os ciclos de empresas de tecnologia

Há pouco a Microsoft confirmou que está investindo bilhões no criador do ChatGPT, muito com o objetivo de adicionar mais inteligência artificial ao seu conjunto de produtos e se tornando uma das primeiras investidoras da OpenAI. O anúncio acontece logo após a empresa demitir toda a sua equipe de Realidade Virtual (RV) e Realidade Aumentada (RA), junto a demissão em massa de 10 mil colaboradores na última semana

Isso significa que a realidade aumentada e o metaverso não será uma realidade? Para Marcell Almeida, CEO da escola de produtos digitais PM3, não! No entanto, várias empresas estão dando conta de como estavam investindo muito dinheiro nessas tecnologias, uma vez que elas ainda estão distantes de se tornarem adotadas em massa pelo público

“Esse tipo de movimento é bem comum e aconteceu em todos os ciclos de empresas de tecnologia. Em algum momento elas fazem apostas mais agressivas que estão à frente do seu tempo e voltavam atrás. Em um momento de contração da economia as empresas precisam ‘gastar balas’ de maneira mais eficiente - e é justamente isso que a Microsoft parece estar fazendo. A Microsoft já investiu US$ 1bi e quer investir ainda mais na OpenAI, algo que claramente vai ser adotado com mais velocidade que qualquer coisa que envolva RV e RA”, aponta o especialista

Ainda segundo Marcell, esse tipo de ação também deixa a Meta ainda mais exposta, afinal, a Microsoft era uma das empresas na vanguarda dessa tecnologia, o que poderia ajudar o Metaverso do Zuckeberg. “Curiosamente não estamos vendo a Meta apostar em nada relacionado a AI e a Microsoft tem se mostrado uma empresa com ótima diversificação de portfólio e que faz apostas bem mais assertivas”, pondera

O investimento na nova tecnologia ainda pode catapultar a empresa como líder em IA, além de abrir caminho para a incorporação do ChatGPT em aplicativos como Word, PowerPoint e Outlook.

Para entender mais sobre a visão estratégica de Produtos da Microsoft, coloco o especialista do mercado Marcell Almeida à disposição. Com cerca de uma década de experiência no mercado de tecnologia, Marcell liderou projetos para empresas como Nubank, Viva Real, Easy Taxi, além da australiana Seek.

Share This Post

Post Comment