Previsões para 2024 da Kaspersky a respeito da privacidade

Previsões para 2024 da Kaspersky a respeito da privacidade

Os dispositivos "vestíveis” (wearables) equipados com IA (inteligência artificial) podem desencadear debates sobre privacidade junto com o o crescimento da realidade aumentada (AR) e da realidade virtual (VR), que devem estabelecer novos padrões de privacidade em 2024. Ao mesmo tempo, espera-se que as violações de dados que incluem senhas tornem-se menos importantes conforme a autenticação de dois fatores se popularize e as pessoas reforcem sua privacidade com assistentes virtuais (bots).

Segundo a Kaspersky, o campo da privacidade está passando por um momento transformador por conta do surgimento de novas tecnologias e da evolução do comportamento padrão. Os grandes eventos de 2023 nas esferas social, econômica e política, assim como as novas tendências tecnológicas, serão os principais fatores que influenciam o cenário da privacidade em 2024. Portanto, as previsões da Kaspersky destacam:

• Os dispositivos vestíveis equipados com IA podem desencadear um debate vigoroso em torno da privacidade
Embora as pessoas tenham adotado dispositivos como smartphones e assistentes inteligentes em suas casas, os equipamentos vestíveis, especialmente os que usam câmeras, como óculos inteligentes ou “AI Pins”, tendem a despertar mais suspeitas. A visibilidade que esses dispositivos proporcionam poderia realmente gerar questões para pessoas preocupadas com a privacidade, supondo que ganhem popularidade.

• O desenvolvimento da realidade aumentada e da realidade virtual deve estabelecer novos padrões de privacidade em 2024
Normalmente, os lançamentos de produtos da Apple chamam a atenção do público, gerando discussões sobre privacidade, especialmente quando se trata de tecnologias que ainda não foram regulamentadas adequadamente. Com a introdução do Apple Vision Pro e a integração cada vez maior da AR/VR na vida cotidiana, é provável que preocupações com a privacidade ocupem uma posição central.

• Promoção da privacidade por meio do surgimento de bots assistentes
A crescente prevalência dos bots assistentes, que utilizam processamento de linguagem natural (NLP), apresenta uma oportunidade irresistível de aprimorar a privacidade dos usuários em diversos setores. Imagine um futuro no qual os bots assistentes desempenham um papel fundamental na proteção de dados pessoais, especialmente durante chamadas. Um bot assistente sofisticado poderia cuidar das chamadas de usuários continuamente, garantindo que informações sigilosas, como a voz do usuário, estivessem sempre protegidas.

• O vazamento de senhas será uma preocupação menor, pois elas continuam tornando-se cada vez menos importantes
O principal motivo para que o receio de senhas vazadas diminua é a crescente prevalência da autenticação de dois fatores, em que um código adicional para confirmar seu login é enviado por SMS ou gerado em um aplicativo específico, como o Kaspersky Password Manager. Além disso, alguns serviços, como o Google, já oferecem uma autenticação “sem senha” por meio de “passkeys”, ou chaves de acesso, enquanto outros preferem a autenticação biométrica no lugar de senhas tradicionais.

"Na era da evolução das tecnologias, a noção de dados particulares deve estender-se além dos limites convencionais. O advento dos dispositivos usáveis equipados com IA, o desenvolvimento da AR/VR e a ascensão dos bots assistentes exibem uma interpretação mais ampla do que é privacidade. Conforme essas inovações tornam-se parte integrante das nossas vidas diárias, nosso conceito de dados pessoais deve abranger não apenas o que compartilhamos voluntariamente, mas também as interações sutis e os insights que essas tecnologias controlam inerentemente”, comenta Anna Larkina, especialista em segurança e privacidade da Kaspersky.

Para saber mais sobre o que esperar no campo da privacidade, visite Securelist.

Share This Post

Post Comment