Como a Inteligência Artificial deve impactar o gerenciamento de dados em 2024

Como a Inteligência Artificial deve impactar o gerenciamento de dados em 2024

Por Marco Antonio Cavallo, Alliances & Channel Sales Director

No último ano, empresas de todo o mundo fizeram esforços para implementar uma cultura data driven, potencializando seus trabalhos com gerenciamento, segurança e democratização de dados. Simultâneamente, a Inteligência Artificial se tornou mais acessível e possibilitou a criação de diversos novos recursos. Em 2024, devemos colher os frutos da combinação destes dois universos.

Quem trabalha com dados sabe o quanto é desafiador reunir dados dispersos em diferentes fontes, analisá-los e produzir insights que sejam relevantes para as organizações e seus clientes sem abrir mão da agilidade e, principalmente, da segurança. Garantir que todos os dados sejam precisos, organizados e acessíveis para as pessoas corretas é um trabalho delicado e que pode exigir sistemas complexos, mas graças a Inteligência Artificial, soluções como a Plataforma Denodo (referência em virtualização de dados) podem ser utilizadas para simplificar esse processo.

Amadurecimento da I.A. Generativa

Em 2022, o grande público conheceu o ChatGPT da OpenAI, uma ferramenta alimentada pela I.A. Generativa, que utiliza um banco de dados já existente para criar algo novo. O poder de combinar diversos dados de bases distribuídas sobre o mesmo assunto para responder perguntas, sugerir soluções para problemas e até mesmo gerar insights para negócios em segmentos diversos logo chamou a atenção das empresas, que começaram a testar essa novidade tecnológica em  seus ambientes de TI.

Dois anos depois, a I.A. Generativa e seus modelos largos de linguagem (LLM) evoluíram e estão cada vez mais seguros para trabalhar com dados, entregando informações precisas e sugestões assertivas para os profissionais em  diversos níveis, técnicos ou não técnicos. Se antes havia receios sobre o poder e confiabilidade da I.A., há agora uma cobrança para que esta ferramenta seja utilizada nas organizações e traga as transformações tão necessárias aos negócios em um mundo em constante mudança.

Proteção dos dados

Infelizmente, com a clareza de que os dados são ativos valiosos para empresas e clientes de todos os segmentos, também aumentam os casos de ataques cibernéticos como o famoso ransomware, que sequestra dados por meio da criptografia.

Com a Inteligência Artificial, também é possível identificar as principais ameaças cibernéticas, aprender como elas funcionam e prevenir os sistemas corporativos contra elas. Entretanto é importante lembrar que o vazamento de dados (acidental ou proposital) e outros ataques cibernéticos podem ser ocasionados por funcionários das próprias empresas, causando danos maiores, como a suspensão das operações e a perda de investidores e clientes.

Por isso, soluções modernas de democratização de dados, como a Plataforma Denodo, garantem que apenas os funcionários credenciados tenham acesso aos dados correspondentes a suas áreas e funções. Potencializada pela I.A., a Plataforma Denodo, através de uma gestão de dados centralizada sem que haja a necessidade de mover os dados de suas fontes de origem, possibilita a transformação digital em um ritmo sem precedentes, o que será necessário para a construção de ecossistemas tecnológicos mais seguros, ágeis e cada vez mais modernos.

Valorização da Inteligência Humana

Apesar de ter evoluído muito, a I.A. está longe de ser perfeita e ainda não é capaz de aprender sozinha as diretrizes de cada organização. A presença humana para organizar e manter atualizados os dados que ditam as diretrizes de trabalho da I.A e regras de negócios ainda se faz necessária. Além disso, um técnico com anos de experiência terá a capacidade de identificar anomalias e corrigir possíveis erros apresentados pela ferramenta de forma rápida.

Há ainda o ponto mais importante: os clientes buscam organizações e marcas com as quais possam se conectar e ter experiências reais, então o olhar e a interação humana não podem ser desvalorizados. Pelo contrário, é importante que as empresas invistam na capacitação de seus colaboradores para que seus trabalhos possam evoluir junto com a Inteligência Artificial.

Com isso em mente, a Denodo trabalha com uma tecnologia de ponta que garante democratização dos dados e consegue capacitar todos os atores da organização para saberem interpretá-los, não importando o seu nível de conhecimento técnico. Isso faz com que a empresa consiga usar todo o potencial dos dados e tomar decisões mais assertivas, garantindo a boa relação com os seus clientes e que seus colaboradores estejam sempre preparados para trabalharem com novas tendências tecnológicas.

Share This Post

Post Comment