Gigante da tecnologia, Zoho, apresenta sua plataforma de colaboração: Zoho Workplace

Gigante da tecnologia, Zoho, apresenta sua plataforma de colaboração: Zoho Workplace

Alternativa tem um custo-benefício excelente em relação aos concorrentes Google e Microsoft.

 Hoje, todas as empresas precisam de uma plataforma para centralizar seus trabalhos e oferecerem aos colaboradores todas as ferramentas necessárias, como: e-mail corporativo, espaço para armazenar documentos e arquivos, aplicativos para produzir textos, planilhas de dados e criação de apresentações, possibilidade de realizar videoconferências e muito mais.

Uma das causas para essa transformação digital foi a pandemia, que colocou diversas organizações em uma situação desconfortável, precisando se adaptar a modelos de trabalho remoto, onde o uso de uma ferramenta que suportasse essas novas necessidades se tornou imprescindível. De acordo com dados da consultoria IDC Brasil, a migração acelerada dos negócios para o ambiente digital gerou uma receita de R$44 bilhões para o setor de software no Brasil em 2021, representando um aumento de 32,5% quando comparado com 2019.

Contudo, mesmo diante dessa realidade que vivemos desde 2020, fazer altos investimentos nem sempre é uma opção, principalmente para pequenas empresas ou para negócios que estão começando agora. E foi pensando nisso, que a Zoho, empresa líder mundial em tecnologia, criou o Zoho Workplace, uma plataforma com todas as ferramentas necessárias para o dia a dia de trabalho de uma organização, com preços mais acessíveis que os concorrentes Google e Microsoft.

“Nosso pacote conta com oito aplicativos integrados, que juntos, podem melhorar e agilizar os processos e comunicações internas entre colaboradores, e até mesmo, otimizar os meios de contatos com clientes e parceiros, tudo de acordo com a necessidade de cada equipe. São eles o e-mail corporativo, chat, aplicativo de planilhas e gráficos, aplicativo para criar apresentações, processador de textos, plataforma de reunião online, intranet social e gerenciamento de arquivos”, explica Fernanda Bordini, gerente de marketing do Zoho Workplace.

Assim como o pacote do Google, a plataforma da Zoho também funciona na nuvem, o que traz a possibilidade de usar os aplicativos onde e quando quiser, se adaptando à nova realidade dos negócios: onde o colaborador pode atuar tanto no escritório, como em casa ou em qualquer outro lugar, de acordo com a sua rotina.

Em relação ao valor, um dos seus maiores diferenciais no mercado, a Zoho oferece planos que iniciam com preços a partir de US$3 e apesar da cobrança ainda ser feita em dólar, devido a recente chegada da Zoho no Brasil, mesmo quando convertido, ainda é possível contar com uma economia de pelo menos 30% se comparado aos principais concorrentes.

“Outro destaque importante é que é possível montar planos flexíveis, onde as empresas podem customizar como quiserem, de acordo com suas necessidades e condições financeiras. Ou seja, se você tem uma empresa muito grande e precisa de mais usuários e mais ferramentas, oferecemos a possibilidade de solicitar uma cotação e fechar um pacote personalizado”, complementa Fernanda.

Números do Workplace da Zoho

Em 2022, com pouco mais de um ano de atuação em território nacional, o Zoho Workplace alcançou um crescimento de 36% de receita. Somente com o Mail, que também pode ser adquirido separadamente dos outros aplicativos, o crescimento foi de 55%, chegando a mais de 250 mil usuários no país.

Para 2023, a empresa espera se consolidar ainda mais no país, aumentando em 40% o número de usuários ativos e crescendo em 30% o valor de receita.

“O nosso propósito é democratizar o acesso a tecnologia, por meio de e-mails e aplicativos essenciais de trabalho, fazendo a diferença na vida das pessoas e de empresas, gerando maior comunicação, colaboração e produtividade entre os times. Simplificando e reduzindo o tempo de execução nas tarefas, integrando pessoas e expandindo metas e resultados dos negócios”, finaliza Fernanda.

Share This Post

Post Comment