Estudo da IBM revela que custo financeiro é obstáculo para brasileiros desenvolverem habilidades em tecnologia

Estudo da IBM revela que custo financeiro é obstáculo para brasileiros desenvolverem habilidades em tecnologia

No Brasil, estudantes e profissionais em transição de carreira ou em busca de um novo emprego querem exercer funções relacionadas à ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) em diferentes indústrias, mas a maioria afirma que não está familiarizada com as opções de carreira. Ao mesmo tempo, cursos online e certificações digitais surgem como uma oportunidade enquanto planejam buscar novos empregos neste ano.

Estas foram algumas das descobertas globais de um novo estudo* da IBM, conduzido pela MorningConsult, realizado com mais de 14 mil entrevistas com estudantes e profissionais que estejam em transição de carreira ou em busca de um novo emprego em 13 países, incluindo o Brasil.

“O estudo mostra que ainda existe uma falta de conhecimento das pessoas sobre como adquirir habilidades em STEM e seguir uma carreira nessa área”, afirma Victor Piotto, gerente de Responsabilidade Social Corporativa da IBM Brasil. “Acreditamos que é nosso papel, como empresa de tecnologia e consultoria, democratizar o acesso a esse conteúdo para apoiar os brasileiros nesse caminho e oferecer capacitação gratuita para formar futuros talentos”.

No Brasil especificamente, outras descobertas do estudo incluem:

Existem desafios em relação à capacitação STEM no Brasil 

  • 60% dos profissionais em busca de um novo emprego e 67% dos que estão em transição de carreira acham que não estão qualificados para trabalhar em um emprego na área de STEM porque não possuem os diplomas acadêmicos adequados;
  • 63% dos entrevistados se preocupam com o custo de obtenção de certificações digitais;
  • Ser capaz de continuar trabalhando enquanto obtém certificados é importante para quem está mudando de carreira;
  • Globalmente, a maior barreira para o desenvolvimento de habilidades profissionais ou técnicas para os alunos é que eles não sabem por onde começar.

Estudantes e profissionais no Brasil estão planejando fazer uma mudança 

  • Mais de 90% dos entrevistados se sentem confiantes em desenvolver habilidades ou aprender algo novo em um programa online;
  • Mais de 59% dos entrevistados estão interessados em trabalhar em um emprego em áreas de STEM.

No Brasil, o conhecimento sobre as funções STEM é baixo e muitos estão preocupados com a remuneração 

  • A maioria dos entrevistados no estudo tem pouca ou nenhuma familiaridade com trabalhos STEM;
  • Muitos entrevistados não têm certeza de quais carreiras são consideradas um trabalho em STEM;
  • Mais de 70% das ações acham que não conseguirão encontrar um emprego STEM que pague o suficiente;
  • Mais de 64% acham que há menos empregos STEM em localizações próximas do que em outros locais.

Os brasileiros estão otimistas de que as funções STEM continuarão a aumentar e as certificações são boas para buscar essas oportunidades 

  • Quase oito em dez acham que os empregos STEM em todos os setores vão crescer na próxima década;
  • O custo é o fator mais importante quando se pensa em desenvolver habilidades e obter certificados digitais;
  • Mais de oito em cada dez que obtiveram uma certificação digital concordam que foi útil para alcançar seus objetivos de carreira;
  • 78% acham que as certificações digitais são uma boa maneira de complementar a educação tradicional.

Investir no futuro do trabalho

Com uma abordagem ampla para investir no futuro do trabalho, a IBM apoia estudantes e os ajuda a desmistificar conceitos sobre a tecnologia e as carreiras em STEM. IBM SkillsBuild oferece capacitação gratuita de tecnologia disponível em todo o mundo, com foco em comunidades sub-representadas em tecnologia. Ao colaborar com várias organizações, a IBM continua avançando em seu compromisso de capacitar 30 milhões de pessoas globalmente até 2030.

Share This Post

Post Comment