4 previsões para 2024: IA vai aprimorar a automação robótica

4 previsões para 2024: IA vai aprimorar a automação robótica

Um novo ano chegou, e é hora de refletir sobre as tendências dos últimos doze meses e o que 2024 reserva para o mundo da robótica e da automação. 2023 foi emocionante para a inovação, com o surgimento de tecnologias de inteligência artificial, como a IA generativa, que atraiu a atenção globalmente e dominou as manchetes. No entanto, sua adoção pelas empresas ainda está em fase inicial e as questões relacionadas a melhor forma de aproveitar a tecnologia permanecem na mente das pessoas.

A transformação digital é um processo contínuo, por isso podemos esperar que as tendências inovadoras de 2023 continuem a moldar a sociedade também esse ano. Porém, como elas irão impactar a robótica e a automação, e quais as expectativas para a indústria manufatureira?

Pensando nisso, Anders Billesø Beck, vice-presidente de estratégia e inovação da Universal Robots, apresenta quatro previsões para 2024:

1) A IA estabelecerá um novo ritmo de desenvolvimento na robótica e automação

A IA está transformando o mundo do desenvolvimento de software, tornando-o mais barato, rápido e eficiente. O software é um componente-chave da automação e, com a IA, os desenvolvedores poderão criar soluções mais personalizadas e otimizadas para diversas tarefas e desafios. No entanto, a experiência em automação continuará sendo um recurso escasso e valioso no processo de revolução da produção pela IA.

Tem sido interessante e até surpreendente ver a IA mudar a vida de quem trabalha nos escritórios antes de afetar as práticas de trabalho na maioria das fábricas. Estou ansioso para ver mais indústrias reconhecendo os benefícios do machine learning em 2024. Afinal, a tecnologia já está aqui – temos muitos parceiros desenvolvendo aplicações por meio de IA para permitir que os robôs executem funções mais complexas e diversas. Por exemplo, a IA permite que os robôs tenham uma percepção semelhante à humana, lidem bem com variações, movam peças com precisão, se adaptem a ambientes em transformação e aprendam com suas próprias experiências. Com o tempo, essas habilidades levarão a mais flexibilidade, qualidade e segurança nas produções industriais.

2) Os desenvolvimentos no software de programação robótica permitirão mais compartilhamento e reutilização

O software de programação robótica é a cola que une os usuários aos seus equivalentes mecânicos – uma conectividade digital que transcende a interação física.

Os avanços no desenvolvimento de software estão permitindo novos tipos de colaboração, conectando as pessoas que utilizam robôs. Em 2024, iremos ver evoluções que levarão a novos níveis de compartilhamento e reutilização. Imagine um mundo onde, em vez de reinventar a roda, aproveitamos as ferramentas de software já existentes, como componentes, interfaces e algoritmos, em diversas aplicações. É um princípio que já sustenta o nosso ecossistema de parceiros UR+, simplificando a inovação e reduzindo o time-to-market.

3) As empresas unirão TI (tecnologia da informação) e TO (tecnologia operacional) usando dados para melhorar as operações

O futuro da indústria de manufatura está intrinsecamente ligado à integração TI/TO, uma vez que os dados irão apoiar a inovação e a eficiência. Pesquisas mostram que a indústria manufatureira tem sido pioneira na adoção de serviços de software baseados na nuvem e já vemos algumas empresas utilizá-los para melhorar a qualidade, eficiência de custos e previsibilidade. Isso me deixa confiante de que o ano de 2024 trará crescimento da logística baseada em dados e dos sistemas de produção.

Muitos ainda têm uma visão desatualizada de que a nuvem serve apenas para coletar dados e ter a função de backup, como utilizamos em nossas vidas pessoais. Mas o verdadeiro potencial e poder não está no armazenamento de dados ou mesmo na interconexão de máquinas. O verdadeiro salto transformador ocorre quando os serviços de software baseados em nuvem conectam humanos e máquinas e, assim, ajudam as indústrias a simplificar processos complexos e tomar decisões mais inteligentes.

Os benefícios desta evolução digital são significativos. O acesso remoto aos dados de fabricação permite respostas rápidas a problemas e melhoria contínua da automação. Com sistemas dinâmicos agora essenciais, tecnologias de nuvem confiáveis ​​oferecem o que há de mais moderno em segurança e serviços de última geração. As empresas de Internet das Coisas Industriais (IIOT) destacam essa progressão, prometendo eficiência aprimorada e redução do tempo de inatividade por meio da visualização da Eficiência Geral do Equipamento (OEE) e da manutenção preditiva.

Os fabricantes têm muito a ganhar com estes avanços, alcançando maior qualidade, tempo de inatividade reduzido, melhor previsibilidade e otimização de custos. Essa transição é uma necessidade estratégica, apoiando a mudança em direção à produção em alto volume, alta variedade, cadeias de suprimentos resilientes, utilização competitiva de dados e metas de sustentabilidade.

4) Logística será uma área de foco da robótica

Tal como a indústria de manufatura, muitas empresas de logística enfrentam uma grave escassez de mão-de-obra, ao mesmo tempo em que a pressão aumenta devido a globalização, comércio eletrônico e cadeias de suprimentos multicanais complexas. Cada vez mais centros de logística, armazéns e distribuição irão recorrer à automação no decorrer do ano para prestar serviços com mais rapidez e precisão.

Para dar um exemplo: tentando enfrentar o desafio das crescentes demandas do comércio eletrônico, uma empresa de logística revolucionou seu centro de distribuição com robôs colaborativos, o que resultou  em um aumento de 500% na eficiência e na precisão dos pedidos. O sistema de automação, capaz de processar milhares de pedidos diariamente, destacou-se principalmente em períodos de pico, como a Black Friday, onde um robô gerenciava até 4.400 pedidos em um dia com apenas uma pequena equipe para reabastecimento.

Os robôs – e a utilização inteligente de dados – estão prontos para revolucionar os negócios logísticos em toda a cadeia de valor, desde a entrada de pacotes até à logística de saída de produtos. O ritmo de desenvolvimento da robótica continua impressionante – e aguardo com grandes expectativas por outro ano de progressos emocionantes.

Share This Post

Post Comment