ChatGPT: entenda como a ferramenta controlada por inteligência artificial deve impactar o e-commerce

ChatGPT: entenda como a ferramenta controlada por inteligência artificial deve impactar o e-commerce

Ainda em fase de testes, o ChatGPT está atraindo a atenção da internet. A tecnologia, movida por inteligência artificial, funciona como um chatbot autônomo, capaz de fornecer respostas rápidas e complexas, semelhantes às de um ser humano, após receber uma pergunta. O sucesso da plataforma foi tão rápido que o ChatGPT já acumulava mais de 1 milhão de contas cadastradas em menos de uma semana de operação, em novembro de 2022.

Para além do entretenimento e da curiosidade que a plataforma tem despertado nos usuários, o ChatGPT se destaca como uma tecnologia disruptiva em potencial, que deve mudar o mundo dos negócios, especialmente no e-commerce.

“O ChatGPT tem se provado um fenômeno de engajamento e interação. Apesar de estar em fase experimental gratuita, a ferramenta pode otimizar a jornada de compra no e-commerce por meio da inteligência de dados, que possibilitará entender e responder às necessidades dos consumidores com mais precisão.”, revela Lucas Colette, CEO e fundador da Yampi, empresa de soluções para e-commerce.

Enquanto essa tendência ainda não é usada por todos os comércios eletrônicos, o mercado já acompanha de perto as movimentações da plataforma que tem potencial para revolucionar a maneira como interagimos e compramos. Avaliando esse cenário, Lucas Colette aponta as principais projeções do ChatGPT para o e-commerce:

Otimização de recomendações de produtos na loja virtual

O ChatGPT é capaz de otimizar a jornada de compra do consumidor no comércio eletrônico. A ferramenta tem o potencial de gerar recomendações de produtos baseadas no histórico de compras feitas pelo cliente na internet. “Com isso, o ChatGPT pode oferecer sugestões assertivas com base nos produtos existentes na loja, potencializando as chances de fidelização do consumidor, que encontrará o que procura com muito mais facilidade e agilidade”, diz o executivo.

Facilitar operações de estoque e devolução

Outra grande facilidade que o ChatGPT poderá oferecer ao e-commerce é simplificar os processos de devolução e de controle de estoque. Para Colette, o ChatGPT poderá enviar respostas detalhadas sobre o processo de devolução dos produtos e até mesmo comprovar documentos ou informações necessárias. Já no estoque, o ChatGPT será útil para informar os clientes sobre condições de armazenamento e quantidade de produtos disponíveis em tempo real.

Tornar o atendimento ao consumidor certeiro

No atendimento ao consumidor, o ChatGPT também poderá favorecer a comunicação entre marca e cliente, potencializando as chances de venda e satisfação. “Além de possibilitar o envio de respostas automatizadas para perguntas frequentes de forma mais complexa e específica, a plataforma também deve ajudar a entender o perfil do consumidor, oferecendo uma jornada de compra focada nas necessidades do cliente e facilitando as operações diárias de venda”, finaliza.

Share This Post

Post Comment