Indiscutivelmente o Blockchain veio para ficar, diversos estudos mostram que o mundo está cada vez mais olhando e identificando oportunidades com esta tecnologia. O grande desafio é entender como podemos cada vez mais aproveitar e criar soluções desfrutando de todos os benefícios que o Blockchain pode oferecer, e diga-se de passagem não são poucos. Antes de criar soluções, precisamos entender como o Blockchain funciona, suas particularidades, aplicações potenciais, redução de custos, tendências, e porque também não mencionar as eventuais restrições e limitações de uso. O Objetivo deste artigo é falar um pouco sobre o Blockchain e tentar esclarecer algumas dúvidas sobre esta importante ferramenta, porém provavelmente restaram dúvidas, e neste caso o que não faltam são artigos, livros e matérias sobre Blockchain no mercado. Boa leitura!

O Blockchain surgiu no código fonte original do Bitcoin, e isto teria ocorrido em 2008, as primeiras informações teriam sido publicadas por Satoshi Nakamoto. O Bitcoin é uma criptomoeda, que foi desenvolvida no Blockchain, posteriormente também foi criada o Ethereum, uma coisa é importante destacar, que Blockchain não é Bitcoin, Bitcoin é um Blockchain, muitas vezes ambos são confundidos como se fossem uma coisa só.

Para entendermos melhor o Blockchain, vamos comparar como fazemos hoje as nossas transações, sejam elas financeiras (Bancos) ou não. Atualmente precisamos de intermediário para processar as nossas transações, por exemplo uma transferência bancária, precisamos pedir para o banco que possuímos conta corrente transferir um determinado valor para outra conta, seja no próprio banco ou não. Se quisermos comprar ou vender uma casa, precisamos ir em um cartório de imóveis para processarmos a transferência de titularidade. Imagina fazer tudo isto diretamente sem intermediários (Peer-to-Peer)? Deixando um pouco mais claro, o Blockchain é uma tecnologia que mantém um banco de dados distribuído (“digital ledger” ou livro razão), para gerar um registro de transações que todos conectados na rede (todos os nós da rede Blockchain) possuem acesso as informações, em outras palavras esta rede é na sua essência, uma cadeia de computadores. Na prática quando uma nova transação é realizada ou uma alteração/correção de transação existente é processada, grande parte dos nós da rede de Blockchain deve executar alguns ações de algoritmos e avaliar e verificar o histórico do bloco do Blockchain e, assim, chegar ao consenso de que o histórico e a assinatura são válidos. Neste caso após a validação é que a nova transação será aceita no registro, e um novo bloco será adicionado à cadeia de transações. Na validação, caso a maior parte dos nós não reconheça a adição ou modificação da entrada do registro, a presente entrada é negada e não é adicionada à cadeia. Isto faz com que o Blockchain trabalhe neste modelo de consenso distribuído, sem a necessidade de uma autoridade central para certificar quais transações são válidas e quais não são. Com isto começamos a entender que o processo praticado atualmente nos exemplos acima são centralizados, ou seja dependem de um órgão centralizador para processar as alterações.

A tecnologia do Blockchain pode ser aplicada para diversas finalidades que represente valor, além de moedas: registros de propriedades, patentes, direitos autorais, certidões diversas (nascimento, casamento e óbitos) e etc. Como o Blockchain é descentralizado, existe também a possibilidade de redução de fraudes, porque como toda transação é registrada e pode ser visualizada por qualquer nó da cadeia de Blockchain, consequentemente qualquer alteração na informação, deve ser aprovada de forma descentralizada. Como são utilizadas assinaturas e verificações digitais, isto também dificulta a fraude, e a integridade criptográfica de toda a transação pendente, como também o exame de múltiplos nós da arquitetura do Blockchain, protegem contra ameaças e utilizações mal intencionadas.

Como vimos neste artigo, o Blockchain quebra alguns paradigmas, principalmente na forma como as pessoas se relacionam.

 

Marco Camerini

Executive Director at Camerini & Bohlsen Consultores Ltda