Pesquisa indica que 86% das pessoas apontam o WhatsApp como uma boa ferramenta de comunicação com empresas

Pesquisa indica que 86% das pessoas apontam o WhatsApp como uma boa ferramenta de comunicação com empresas

Recursos do aplicativo podem ser utilizados para estreitar o relacionamento com os clientes, avalia gestor de plataforma de e-commerce destinada a profissionais de geotecnologia

Pesquisa divulgada em fevereiro pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise Pesquisas, mostra que 86% das pessoas afirmam que o WhatsApp é uma boa ferramenta de comunicação com as empresas. Segundo o estudo, 58% acreditam ser uma boa maneira de tirar dúvidas ou receber suporte técnico, 38% para agendar horários e 35% para o recebimento de promoções.

Para Weslei Lima, gestor do Mercado Topográfico, plataforma de divulgação de produtos e serviços do setor de geotecnologia, a implementação de canais de atendimento como o WhatsApp é benéfica para qualquer empresa. “Ao adotar essas novas tecnologias de comunicação, podemos oferecer uma experiência mais conveniente, personalizada e envolvente para os consumidores e, simultaneamente, reduzir a distância entre o cliente e o vendedor, fortalecendo assim o vínculo entre ambos”, avalia.

Lima acrescenta que o investimento em formas de contato com o consumidor é de extrema relevância para lojas e marketplaces e isso é uma tendência do mercado. “Desde que criamos a plataforma Mercado Topográfico vimos a necessidade de ficar mais próximos para facilitar a comunicação entre profissionais, empresas e clientes interessados em serviços e produtos. Com as novas tecnologias adicionadas ao nosso marketplace, percebemos um estreitamento nas relações, o que tem sido bastante positivo”, conta.

O gestor comenta ainda que a empresa planeja realizar mais investimentos nesse setor. “Nós já contávamos com os meios mais convencionais, como telefone e e-mail, e nos atualizamos com o atendimento por WhatsApp, além de grupos em aplicativos de mensagem e divulgação de atualizações via redes sociais. Para o futuro, chatbots e assistentes virtuais que visam responder às perguntas dos clientes em tempo real, fornecer suporte técnico, ajudar na seleção de produtos e até mesmo processar pedidos diretamente, estão na lista de prioridades para aprimorar cada vez mais esse contato e aumentar o laço de confiabilidade entre nossos clientes, parceiros e a plataforma”, finaliza.

Share This Post

Post Comment