Os varejistas estão buscando maneiras de misturar os mundos offline, online e móvel para atingir consumidores ocupados e sempre conectados. Para ficar à frente do jogo do varejo e manter a empresa pronta para o futuro, é fundamental abraçar plenamente o mantra de que não apenas o cliente é o rei, mas também a sua tecnologia em constante evolução.

A empresa precisa dar um passo para trás e observar com carinho o que o cliente espera de uma solução sem fio e quais métricas ele usará para avaliar seu valor e potencial. O primeiro passo nessa jornada para o varejo inteligente e a entrega de uma experiência de cliente superior na loja é garantir que uma rede Wi-Fi baseada em nuvem seja implantada. Um excelente acesso via Wi-Fi permite que os clientes permaneçam engajados com suas vidas e seu dia a dia cada vez mais "multitarefas". O maior benefício é mantê-los dentro da loja, olhando seus produtos enquanto navega e com maior tempo de contato com sua empresa.

De todas as coisas impressionantes que a rede baseada em nuvem pode fazer, um dos principais aspectos que torna a tecnologia perfeita para o varejo é a sua capacidade de agrupar dados de clientes e capturar análises por meio da localização.

Os clientes têm muitos níveis diferentes de contato com um varejista, por isso é importante que esta interação seja consistente, personalizável para o consumidor e envolva o cliente em uma relação de confiança com a marca. Como praticamente todo usuário tem um smartphone, os varejistas têm de desenvolver comunidades que ofereçam serviços aos consumidores, como cartões de fidelidade e itens para compra. Eles também precisam garantir que a solução de Wi-Fi esteja acessível a partir de diferentes dispositivos, e não apenas smartphones. A compatibilidade com todos os dispositivos voltados para consumidores também é fundamental.

Uma solução forte de Wi-Fi também permite que a equipe da loja use tablets para ajudar os clientes na verificação do estoque e no pagamento através de pontos de vendas móveis, permitindo uma experiência incrível ao cliente. 

As marcas podem usar as informações coletadas através de logins do Facebook de várias maneiras. Você pode encomendar itens populares e criar promoções com base em dados demográficos. O que começa como uma oportunidade de serviço ao cliente torna-se uma forma de melhorar campanhas globais de marketing e publicidade.

A tecnologia de rede baseada em nuvem minimiza todas as preocupações comerciais através de uma automação com esforço zero. Quaisquer atualizações, novos recursos ou migrações de serviço são realizadas automaticamente, sem a necessidade de intervenção manual. Isso elimina a necessidade de equipes internas de TI manterem atualizações e migrações do sistema e libera tempo para tarefas mais importantes. Todas estas atualizações são visíveis através de um sistema centralizado, fornecendo visibilidade total sobre suas redes corporativas, das redes Wi-Fi de varejo e de análises.

No entanto, para qualquer empresa de varejo que se preocupa com a segurança de TI, bem como fornecer um serviço rápido e confiável de Wi-Fi, as redes sem fio precisam de gerenciamento contínuo.

Um pequeno salão de beleza provavelmente tem usuários e dispositivos limitados. No entanto, uma grande loja de departamentos ou mercearia pode precisar de sua rede Wi-Fi para suportar centenas de usuários e dispositivos simultâneos. Certifique-se de que a sua rede sem fios está otimizada para usuários e dispositivos internos e externos.

Considerando o grande volume de tarefas, as empresas devem avaliar cuidadosamente se é melhor continuar realizando funções complexas de TI internamente ou transferir essas tarefas para um especialista externo.

Quanto mais locais uma cadeia de restaurantes ou um varejista tiver, mais econômico será se associar a um provedor de serviços gerenciados de Wi-Fi, porque o custo de manutenção de uma infraestrutura sem fio de ampla propagação seria contraproducente. Na verdade, seria muito caro manter um estoque de equipamentos ou uma equipe especializada em cada local, e o custo de movê-los entre centenas ou milhares de locais também seria proibitivo.

As empresas menores tendem a ser mais ágeis, permitindo que tornem a transformação digital um pouco mais fácil do que as grandes operações geograficamente dispersas, e investir em uma solução de acesso Wi-Fi inteligente não precisa ser algo que comprometa as verbas. Embora tenha sido uma prática comum por algum tempo terceirizar determinadas funções de TI, como o armazenamento em nuvem, as empresas agora estão buscando outros benefícios oferecidos pela terceirização através de empresas de serviços gerenciados de TI. De fato, a terceirização da gestão das redes Wi-Fi está entre as grandes prioridades das empresas com vários estabelecimentos, permitindo que ela se concentre em seu core business.

Por: Marcelo Molinari, Sales Engineer Director da Ruckus Networks