Fundada em 1971, a Unimed Recife vem se consolidando como a maior operadora de planos de saúde Pernambuco. Por sua característica cooperativista, vem buscando sempre a ampliação do mercado de trabalho para que o médico cooperado exerça sua profissão de forma liberal, ética e com justa remuneração.como_arquivar_documentos

Anualmente, a Unimed Recife recebe mais de 15 milhões de documentos de procedimentos médicos efetuados pela rede de prestadores de serviços da Unimed em todo o País. Este recebimento dá início ao processo de intercâmbio, que prevê o envio das contas médicas do prestador do atendimento à Unimed do local de atendimento, que por sua vez deverá validar os valores cobrados com base em tabela de acordos de serviços de produtos.

Esse processo, além de demorado, apresentava riscos como o extravio de documentos. Além disso, com o crescimento do volume de viagens realizadas dentro do Brasil – de turismo ou negócios – essa operação ganha complexidade, por conta do volume de atendimentos realizados por outras Unimeds; e ganha importância, pela necessidade de garantir a qualidade do serviço prestado aos associados em qualquer lugar do País.

Pensando nisso, a Unimed Recife foi ao mercado em busca de uma solução que possibilitasse mais agilidade e segurança ao processo de auditoria e análise de contas médicas. O primeiro passo foi a criação de regras nacionais para o intercâmbio dos documentos eletrônicos entre as Unimeds, criando padrões para a comunicação entre as cooperativas.

Após a análise e definições das regras nacionais, a Unimed Recife, em conjunto com a Tecnoset, decidiu digitalizar a auditoria e a análise, ampliando o uso de documentos eletrônicos para a gestão interna, e não apenas para o processo final de envio às Unimeds do Brasil. “Com a implementação da solução ECM com o módulos de Captura, BPM e contente, ganhamos visibilidade no processo, que hoje é feito de forma mais rápida e eficiente”, afirma Bartolomeu Melo, gerente de TI da Unimed Recife.

Com a solução, todos os documentos são recepcionados e digitalizados com o TecnoDim Capture. “De forma totalmente automatizada, incluindo validação e certificação de informações capturadas com o sistema de gestão da Unimed Recife (Infomed)”, explica Melo.

O projeto da Tecnoset contribuiu significativamente para a melhoria na qualidade do serviço prestado pela Unimed Recife, garantindo mais rapidez no atendimento para os prestadores de serviços, maior confiança e controle para os operadores de serviços de intercâmbio, e dando mais rapidez, segurança e agilidade a todo o processo.

Além disso, a possibilidade de acesso móvel aos documentos permitiu que a Unimed Recife reduzisse as viagens para busca e entrega de documentos, o que praticamente eliminou o risco de extravios. Com a adoção do envio eletrônico, a cooperativa também passou a trabalhar em conformidade com as diretrizes da Unimed Brasil, além de garantir a rastreabilidade dos envios, consulta on-line, agilidade de busca de documentos e acesso controlado, que garante redução de necessidades de cópias e impressão de documentos.

“A rede de parceiros também foi beneficiada, pois não tem mais custos de envio de documentos, cópia e necessidade de busca. Além disso, eles mesmos podem consultar o sistema. Na prática, reduzimos muito o prazo para pagamento de reembolsos”, conclui Melo.

Segundo Marcel Santos, diretor comercial da Tecnoset, este projeto com a Unimed Recife teve como desafio aumentar eficiência do processo de auditoria de contas médicas e a solução desenhada para atender às necessidades deste cliente foi cumprir plenamente este papel trazendo resultados tangíveis pela Unimed.