Com o crescimento da adoção de nuvens públicas, privadas e híbridas pelas empresas, para a entrega de aplicações e serviços de forma rápida e econômica, a Cisco anunciou hoje planos para construir a maior Intercloud do mundo - uma rede de nuvens - juntamente com um grupo de parceiros. A Intercloud global da Cisco foi desenhada para a Internet de Todas as Coisas (IoE – Internet of Everything), com uma rede de distribuição e arquitetura de segurança projetadas para cargas de trabalho de aplicações de alto valor, análises em tempo real, escalabilidade "quase infinita" e total conformidade com as leis de soberania de dados locais. Esta Intercloud aberta pioneira contará com APIs para desenvolvimento rápido de aplicações, entregará um novo portfólio corporativo de serviços de nuvem para empresas, provedores de serviços e distribuidores.IOT

A Cisco prevê um investimento de mais de US$ 1 bilhão para construir esta nuvem expandida nos próximos dois anos. Seu modelo de negócios centrado no parceiro, que permite capacidades e investimentos de empresas parceiras, deverá acelerar investimentos adicionais para impulsionar a escala global e a amplitude dos serviços que a Cisco planeja oferecer aos seus clientes.

A empresa planeja oferecer o serviço de Computação em Nuvem (Cisco Cloud Services) com e através de seus parceiros. As organizações citadas a seguir que, ou têm planos de oferecer iniciativas de nuvem da Cisco, ou endossaram a iniciativa de Intercloud global da Cisco, são uma amostra do parceiros globais com os quais a Cisco espera trabalhar para construir o negócios da nuvem: Telstra, provedora de serviços líder  na Austrália; Allstream, provedora de comunicação empresarial; Canopy, empresa de computação em nuvem europeia da Atos; Ingram Micro Inc., empresa de serviço agregador em nuvem, provedor e distribuidor de tecnologia por atacado; Logicalis Group, provedora global de TI e serviços gerenciados; MicroStrategy Inc., fornecedora global de plataformas de software empresarial para inteligência de negócios, inteligência móvel e aplicações em rede; OnX Managed Services, data center e soluções de TI empresariais; SunGard Availability Services, provedora de serviços de disponibilidade de informações; e Wipro Ltd. - líder global em consultoria e outisourcing em TI.

"Clientes, provedores e parceiros estão recorrendo à Cisco para a criação de ambientes de nuvem híbrida abertos e altamente seguros, e eles querem implantar, de forma rápida, experiências empresariais extraordinárias em nuvem para clientes-chave, enquanto diminuem o risco do investimento de capital ", disse Robert Lloyd, presidente de desenvolvimento e vendas da Cisco. "O momento é ideal para a Cisco e seus parceiros investirem em uma Intercloud global inovadora, centrada em aplicações, e permitirem maior alcance e rapidez ao mercado. Juntos, temos a capacidade de oferecer um mundo de muitas nuvens contínuas, no qual os nossos clientes têm a opção de ativar a nuvem mais adequada e altamente segura para cada trabalho, gerando benefícios estratégicos para inovação rápida e, acima de tudo,  crescimento do negócio."

Acelerando a Internet de Todas as Coisas

Hospedado através de uma rede global de data centers da Cisco e parceiros, a Intercloud global Cisco irá oferecer uma ampla gama de aplicações de valor agregado e serviços de rede centrada em nuvem para acelerar a Internet de Todas as Coisas.

 

Espera-se que a conexão em rede de pessoas, dados, processos e coisas, denominada  Internet de Todas as Coisas, seja uma oportunidade econômica no valor de US$19 trilhões, na próxima década. O movimento da Internet de Todas as Coisas, que está criando um novo conjunto de requisitos para serviços em nuvem globalmente distribuídos e de segurança máxima, possibilitou que a Cisco e parceiros iniciassem o desenvolvimento de uma Intercloud extremamente escalável, flexível e altamente segura para entregar serviços de vídeo em nuvem de alta qualidade móvel e colaborativo, que permitem as atuais experiências conectadas.

 

A Intercloud Cisco habilitada pelo sistema OpenStack é projetada para permitir que as organizações e usuários possam reunir e mover suas cargas de trabalho - incluindo dados e aplicações - entre diferentes nuvens públicas ou privadas, conforme necessário, de maneira fácil e segura, mantendo as políticas de segurança de redes associadas. Ela também irá utilizar a Infraestrutura Centrada em Aplicações Cisco (ACI) para otimizar o desempenho do aplicativo e lançar novos serviços com mais rapidez. A Cisco se encarrega do melhoramento da segurança, cumprimento, auditoria e mobilidade do aplicativo, usando a política de segurança centralizada ACI, programável para atingir um controle máximo de isolamento em escala, adequado para ambientes de nuvem privada e pública.

Os Serviços de Nuvem da Cisco (Cisco Cloud Services) expandem o portfólio de nuvem líder na indústria, que já  incluem SaaS, como a WebEx®, Meraki® e a Cisco Cloud Web Security; serviços em nuvem diferenciados, como colaboração hospedada e cloud DVR, além de tecnologias e serviços para a construção de nuvens públicas e privadas, como o Cisco Unified Computing System™ (Cisco UCS®), soluções de infraestruturas convergentes, como  VCE Vblock™ Systems e a NetApp FlexPod, e a Infraestrutura Centrada em Aplicações (ACI).

 

Estratégia de Comercialização

A Cisco está expandindo o programa Cisco Powered™ com a inclusão do serviço de computação em nuvem. A Cisco vai vender esses novos serviços através do canal de distribuição existente e diretamente para clientes finais. Os parceiros que desenvolverem o Cisco Powered Services pode vender ofertas em nuvem, com maior rapidez e menores custos de desenvolvimento, e operar a uma velocidade de nuvens e em escala.

 

Ofertas de Serviços e Nuvem da Cisco

• PaaS / IaaS - computação l, armazenamento e rede virtual com economia de classe mundial

• Cisco Cloud Services powerd by SAP HANA - a plataforma popular in memory otimizada para o Cisco Unified Computing System™ (UCS)

 Colaboração – A suíte de aplicações e serviços de colaboração Cisco WebEx®• Segurança - Cisco ScanSafe, gestão de sistema de defesa contra ameaças

• Network Infrastructure Management - Cisco Meraki (redes gerenciadas em nuvem)

• Virtual Desktop-as-aService - soluções de virtualização de desktop da Cisco, VMware e Citrix

• Serviços de Colaboração hospedados por Cisco com marca de parceiros (Partner-branded Cisco Hosted Collaboration Services) • Cisco Videoscape Cloud DVR - recursos de nuvem escaláveis para inserção de conteúdo, gravação e visualização.

• Cisco Virtualized Mobile Internet - um serviço de entrega de dados Premium

• Virtualized Managed Services - serviços virtuais baseados em nuvem para o provisionamento rápido e agilidade no atendimento (por exemplo, vFW, vPE e vCPE)

• Remote Management Services (RMS) - gerenciamento remoto das operações de TI habilitado por Cisco Smart Services

• Compliance and Configuration Management Services (CMCS) –  Gerenciamento automatizado de conformidade e processos de configuração ITIL

• IT Service Management Services (ServiceGrid) - gestão baseada em nuvem da função de Gestão de Serviço de TI

• Serviços de Gerenciamento de Energia (EnergyWise) - gerenciamento automatizado de uso de energia elétrica para toda a rede de TI

• Colaboração as a Service (CaaS) – Voz e contact center as a service

 

Segundo  Erez Yarkoni, o Diretor Executivo, setor de Global Enterprise and Services da Telstra, falou da relação com a Cisco e das oportunidades que ela apresenta para os clientes da Telstra: "Nossos clientes terão, de agora em diante, acesso à infraestrutura em nuvem de uma empresa líder global, permitindo-lhes escolher o serviço em nuvem que satisfaz as suas necessidades, escala de rede e recursos em nuvem para oferecer agilidade no atendimento, segurança e desempenho. Aplicações são fundamentais para agregar valor aos negócios e acreditamos que podemos oferecer uma solução diferenciada para o gerenciamento de aplicações em nuvens. Nosso longo relacionamento com a Cisco nos permite oferecer capacidades de serviço mais amplas e detalhadas, auxiliando nossos clientes a gerenciar suas aplicações cruciais, tornando a migração para a nuvem mais simples e rentável."

"Allstream é o único fornecedor de comunicação em todo o Canadá, de fim a fim, exclusivamente focado em serviços empresariais. Temos orgulho da nossa capacidade de oferecer um excelente serviço ao consumidor e soluções de negócios de baixo custo, apoiados por nossa rede IP mundial", disse Michael Strople, Presidente da Allstream." Estamos animados para utilizar o serviço de computação em nuvem para a expansão de nosso portfólio em nuvem e, com agilidade, oferecer novos serviços baseados em nuvem para nossos clientes, sem a necessidade de grandes investimentos de capital."

Para Jacques Pommeraud , CEO da Canopy Atos cloud."Ao migrarem para o serviço em nuvem, nossos clientes empresariais exigem recursos de nuvem híbrida para atender às necessidades de projetos de trabalho diferenciados. O serviço de computação em nuvem da Cisco oferece, via Canopy, uma opção de plataforma em nuvem confiável, altamente segura e flexível", afirma o CEO da Canopy Atos cloud. "Como o maior provedor de nuvem europeu, estamos ansiosos para expandir nosso portifólio, especialmente para SaaS e construção de análise de dados através da visão da Cisco e para a Internet de Todas as Coisas, apoiada pela Computação em Nuvem da Cisco."

"A demanda por serviços confiáveis, altamente seguros e flexíveis em nuvens, com facilidade de gerenciamento a partir de uma única plataforma e que possam escalar rapidamente, está crescendo dentro dos canais de TI", diz Nimesh Dave, Vice-Presidente Executivo, Global Business Process and Cloud Computing, na Ingram Micro. "Conforme os modelos de serviços de canais parceiros evoluem, eles procuram fornecedores que ofereçam serviços de turnkey cloud, que sejam facilmente integrados e que permitam atender às necessidades dos seus clientes. O serviço de Computação em Nuvem da Cisco é um grande exemplo do que parceiros esperam de um fornecedor nesta nova era de computação em qualquer lugar, a qualquer hora".

Conforme também afirma Chris Gabriel, CTO da Logicalis Group."À medida que nossos clientes continuam migrando para a nuvem, eles exigem plataformas altamente seguras, abertas, flexíveis e confiáveis, em escala, com serviços e aplicações on top, que transformem seu acesso e utilizem uma gama crescente de aplicações de transformação de negócios. Eles querem, portanto, nuvem para fornecer escala e consistência de serviço, sempre que  sua organização precise, onde quer que esteja no mundo. Ao lançar seus próprios serviços em nuvem, a Cisco criou um compromisso significativo com os nossos clientes, de criar uma nuvem confiável, altamente segura, flexível e escalável, e isso gera, de fato, uma enorme credibilidade, porque esses serviços são apoiados por uma das marcas mais fortes do mundo em tecnologia e serviços inovadores de TI."

"Estamos animados com relação ao anúncio da estratégia de nuvem da Cisco", disse Ian Matteson, Vice-Presidente e Gerente Geral da Cloud, MicroStrategy. "Esta nova capacidade nos permitirá atender melhor às necessidades de negócios de nossos clientes, aumentando nossas ofertas de SaaS existentes com opções de implantação avançada e de alcance global da Cisco. Satisfazer as necessidades dos nossos clientes em torno da soberania de dados em nuvem híbrida vai nos ajudar a garantir novas oportunidades com um modelo de negócio acessível."

Ou tra declaração de apoio veio de Wayne Kiphart, Presidente da Onx Managed Services. "A Computação em Nuvem da Cisco permitirá a OnX focar em nossa principal competência de negócio, que é entregar uma experiência de serviços gerenciados, com base nas melhores práticas de ITIL e ITSM. Nossos clientes estão à procura de flexibilidade em suas soluções de infraestrutura em nuvem, incluindo a capacidade de integrar e personalizar a entrega altamente segura de serviços de vários provedores em nuvem, independentemente da localização. A Cisco está construindo seus serviços em nuvem num ambiente aberto, híbrido, heterogêneo e seguro, que pode, de forma financeiramente eficaz, satisfazer suas necessidades e implantar nossos recursos de capital em iniciativas estratégicas."

"Nossos clientes buscam a nuvem para funções de maior disponibilidade de informação, como o serviço gerenciado de hospedagem em nuvem, capacidade de computação extra, recuperação de dados, entre outros", diz Keith Tilley, EVP da SunGard Availability Services". O serviço em nuvem da Cisco nos permite dimensionar, com agilidade, nossas ofertas em nuvem para atender às necessidades de nossos clientes, para que possamos continuar a prestar os serviços de valor agregado que eles precisam para o crescimento de seus negócios. "

Conforme Jeff Heenan-Jalil, Vice-Presidente da Wipro, "Nossos clientes têm muitas razões para migrar para a nuvem, e as justificativas estão bem documentadas: para impulsionar redução de custos, para migrar para uma base de custo variável, para acessar uma plataforma escalável e um ambiente que providencie serviços ágeis. Não importa o motivo, eles definitivamente querem ter acesso a um serviço que permita uma inovação cada vez mais evoluída e melhoria dos serviços através do uso desta tecnologia. Esta parceria com a Comunicação em Nuvem da Cisco complementa o nosso portfólio e fortalece ainda mais o nosso relacionamento contínuo com a Cisco."