Era da Internet das Coisas de Inteligência Artificial começará quando as coisas começarem a pensar!

Quectel Wireless Solutions, a fornecedora líder mundial de módulos celulares, anunciou que seu módulo SC66 de Inteligência Artificial (IA) entrou na fase de amostra de engenharia, antes da exposição ISC West 2019. Os clientes e os parceiros do ecossistema são encorajados a entrarem em contato com os gerentes regionais de vendas para amostras ou visitarem o estande #34072 da Quectel na ISC West para mais informações, de 10 a 12 de abril, em Las Vegas.

Além daquilo que a Quectel oferece em suas séries anteriores de módulos inteligentes (SC20 e SC600T/Y), o SC66 está especialmente equipado com Mecanismo de Processamento Neural baseado no chipset SDM660 da Qualcomm. O SC66 apresenta 8 núcleos Kryo260 (personalizados, com capacidade de 64-Bit) que são divididos em dois grupos: um grupo mais rápido de quatro núcleos com até 2,2GHz e um grupo de eficiência de economia de energia com até 1,8GHz. Além dos 8 núcleos da unidade de processamento central (CPU), o SC66 integra uma unidade de processamento de gráficos (GPU) Adreno 512 com um controlador de memória LPDDR4 (canal duplo de 1866 MHz). O hardware do mecanismo de IA inclui um processador Hexagon Vector, uma GPU Adreno (o instrumento de trabalho para a IA) e uma CPU Kryo.

A IA exige algoritmos complexos de software e uma capacidade computacional bastante alta, que costumavam utilizar os recursos de forma extrema e, portanto eram inacessíveis para várias aplicações de IoT. Entretanto, como um produto revolucionário o SC66 irá mudar o paradigma através da oferta da "IA integrada". Isto impulsiona a nova tendência, a chamada 'nuvem para computação de borda (Cloud to the Edge)' ou 'computação de borda/em névoa (Edge/Fog Computing)', que significa mudar parte ou processos completos para os dispositivos em vez de para a nuvem. O SC66 irá desbloquear infinitas oportunidades no setor de IA-IoT.