Para o ano que se inicia, a Stoque, companhia de softwares, produtos e serviços tecnológicos, divulgou uma grande novidade para os seus clientes e parceiros. O Kinase Investments, um fundo de investimento que chegou ao Brasil há pouco tempo, acabou de adquirir 95% da companhia por cerca de R$ 70 milhões de reais.

Fundada em 2003, a Stoque se consolidou no mercado de Gestão de Informação ao oferecer soluções assertivas aos seus clientes, a fim de gerar aumento de produtividade e operações nas organizações. Em 16 anos de atuação, a companhia oferece soluções para a gestão de documentos, digitalização de documentos com captura inteligente, gestão de impressão, assistência técnica autorizada, suprimentos e peças originais, marketing multicanal e muito mais.

O cenário é de crescimento. Em 2019, por exemplo, é esperado que a empresa tenha um faturamento de 75 milhões de reais atendendo grandes clientes como os bancos Itaú e Inter e o BS2, braço digital do banco Bonsucesso. Ao implantar Inteligência Artificial e um sistema de cruzamento de dados, a Stoque facilita transações burocrática como financiamento de imóveis e abertura de contas. Com a inovação, os documentos necessários para a realização desses procedimentos podem ser feitos online, sem que o cliente precise se desgastar. Basta que a câmera do celular capture os dados. Ao mesmo tempo, os bancos também ganharam agilidade com a eliminação de tarefas repetitivas.

“O usuário quer cada vez resolver tudo sem precisar sair de casa, usando o celular” Murilo Tauranto, sócio-diretor da Stoque em entrevista à revista Exame. “A Stoque oferece soluções de tecnologia que atendem a essa demanda dos consumidores e ajudam as empresas a operar de forma automatizada, sem necessidade de tantos funcionários.”

Pensando nisso, o Kinase Investments, um fundo de investimento liderado por um time de profissionais jovens com experiência em consultoria, M&A e tecnologia, viu na Stoque uma grande oportunidade de negócio. Ao adquirir a empresa, o fundo cuida de sua gestão, e Thiago Assis, CEO da Kinase assume a sua presidência. E Tauranto continua como diretor de tecnologia. O objetivo é que a empresa cresça cada vez mais ao oferecer softwares com. “A Stoque atua em um setor que vai crescer muito e quase não tem concorrentes.” Afirmou o novo presidente da Stoque.