Com a aquisição da Simpress, Samsung apresenta planos de expansão no mercado B2B

*Por Isabela Iori

Em dezembro de 2014, a  sul-coreana Samsung, especializada em inovação tecnológica, comprou a brasileira Simpress,20160407_175406
focada em gestão de documentos e outsourcing de impressão.  A companhia brasileira influente no meio de impressão destacou-se entre tantas outras por conta de seus serviços e foi “a escolhida” para tornar-se uma subsidiária Samsung.

Agora, a transnacional sul-coreana declara suas intenções em agregar as habilidades da empresa subsidiária Simpress para expandir suas atividades e soluções em impressão e também criar vínculos cada vez mais forte no mercado B2B (business to business). As empresas estudam a possibilidade de internacionalizar os negócios da brasileira.

“A Simpress foi uma companhia independente durante 14 anos, porém percebemos que era preciso tomar uma posição de fabricante para manter a empresa competitividade no mercado. Quando a Samsung se interessou em olhar para nós, acreditamos que seria muito melhor estar ligado diretamente a uma companhia internacional”, diz Vittorio Danesi, Diretor da Simpress.

Danesi acredita que a tecnologia sofisticada da Samsung tem competência e know-how  indispensáveis para o desenvolvimento de hardware de impressão.

Segundo o Vice-Presidente Sênior de vendas e marketing para impressões da Samsung, David SW Song, a Simpress é a parceira ideal para a empresa explorar novos mercados. “O foco maior são nas soluções, melhorar as nossas habilidades, suprindo as necessidades do cliente e aumentando a força do relacionamento que temos estabelecido ao longo dos anos”.

Em um ano de crise econômica, a organização quebrou um recorde no faturamento no mês de  março.  O número foi mantido em sigilo. “O IDC mais uma vez anunciou que somos líderes em MPS (Managed Print Services), apresentamos o maior número de Market Share em todas as categorias”, relata o executivo.

Após a aquisição da Simpress, a empresa cumpriu estratégias agressivas em vendas para expandir os negócios. A solução para vencer o ano difícil foi investir em novos planejamentos e atualizar parcerias.

“Estabelecemos no começo do ano passado uma estratégia que chamamos de “Estratégia Bicicleta”, que tinha o objetivo de capturar e conquistar novos clientes que permitissem compensar a queda no volume de negócios na carteira de clientes da companhia. Fizemos um trabalho muito agressivo em 2015 que está nos gerando um resultado positivo agora, em 2016”, conta Danesi.

O Diretor afirma que  buscaram por novos fornecedores e cortaram aqueles que não estavam correspondendo as expectativas relacionadas ao serviço. “É um mercado maduro, então em momentos de crise, procuramos por fornecedores novos para a companhia”.

Seguindo adiante

Com a Simpress tornando-se uma subsidiária da Samsung, os planos de expansão para o mercado B2B prometem um novo paradigma para o BPO de documentos.

“Temos planos futuros com investimentos globais, são mais de 20 mil empresas pelo mundo, estamos caminhando para seguir ainda mais com este mercado. Nossa intenção é melhorar o fluxo de trabalho dos clientes, diminuir custos e agregar valores”, diz Song.

O Vice-Presidente afirma que o diferencial da companhia está na “visão de um mundo novo e no investimento em conectividade móvel, hardware, soluções próprias e tecnologia em nuvem”.

Com a aquisição, a empresa expandiu seu portfólio com novos produtos que integram a impressão com smartphones e tablets, em lugares remotos e com total segurança de dados.

Quando indagado sobre as expectativas relacionadas ao futuro da impressão, Song finaliza dizendo que “a impressão móvel faz parte do futuro”.

Share This Post

Post Comment