ESG e Cloud Computing: qual a relação entre os dois?

ESG e Cloud Computing: qual a relação entre os dois?

Por Emerson Lima, fundador e CEO da Sauter Digital

A chegada da pandemia e a necessidade do trabalho remoto ou híbrido fez com que a aposta na nuvem se tornasse uma tendência na transformação digital das empresas e acelerasse a implementação tecnológica nas organizações. Afinal, a migração para a famosa Cloud, proporciona inúmeras vantagens, entre elas: maior economia, flexibilidade para absorver a expansão dos negócios e diversas oportunidades que promovem a disrupção nos mais distintos segmentos.

Um serviço de nuvem muito conhecido é o Google Cloud. Considerado a melhor opção para armazenar os dados com segurança, praticidade e tecnologia, trata-se de uma suíte de computação em nuvem, que proporciona inclusive tomada de decisões comerciais mais inteligentes e ágeis de qualquer lugar do mundo.

Atualmente, o Google Cloud é duas vezes mais eficiente que um data center empresarial comum, além de utilizar 100% de energia renovável em todas as regiões da nuvem e contribuir para que 78% dos resíduos deixem de ir para aterros sanitários. A plataforma também compartilha tecnologias, métodos e financiamentos para permitir que organizações em todo o mundo façam a transição para sistemas mais sustentáveis e livres de carbono, a partir de práticas ESG, a fim de reduzir o impacto ambiental.

Lembrando que o surgimento do ESG, sigla em inglês para environmental, social e governance, veio acompanhado da necessidade de transformação das organizações, afinal estes definem o respectivo desempenho e sucesso da marca a longo prazo. Com isso, diversas instituições são cobradas diariamente pelos consumidores para investir em produtos e iniciativas mais sustentáveis, ao passo que ser sustentável tornou-se além de prioridade, uma métrica em vários setores tecnológicos.

Basicamente, a adoção de tecnologias em nuvem minimiza a emissão de 59 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano, de acordo com um estudo realizado pela Accenture. Além de reduzirem os resíduos e adotarem uma energia limpa. Nesse sentido, o ESG pode auxiliar inúmeras empresas a alinharem suas estratégias de computação em nuvem com os respectivos objetivos de governança mais amplos, como redução de riscos, melhoria de eficiência e promoção de práticas comerciais responsáveis e éticas.

Portanto, está na hora das empresas apresentarem soluções inovadoras e diferenciadas para o ecossistema, que priorizam à agenda ESG, bem como incentivam os clientes a aderirem e se tornarem mais conscientes socialmente.

Share This Post

Post Comment