Inteligência artificial ajuda o varejista a melhorar o atendimento ao cliente

Inteligência artificial ajuda o varejista a melhorar o atendimento ao cliente

A Linx, empresa do grupo StoneCo. e líder em tecnologia para o varejo, acaba de lançar o primeiro software brasileiro conversacional capaz de abordar um cliente automaticamente e fazer a venda até o final. O Chat Commerce, ferramenta conversacional com inteligência artificial da companhia, recebeu um upgrade e passou a contar com rede neural própria que trabalha junto ao ChatGPT como um de seus recursos, fazendo com que ela seja capaz de ser "treinada" para atender às demandas específicas dos varejistas de diversos segmentos.

Para Tiago Mello, CMO e CPO da Linx, a novidade vem para alavancar ainda mais os resultados do setor, que vive um momento de grandes avanços tecnológicos. “Desde o fim do ano passado temos acompanhado uma verdadeira revolução da inteligência artificial com a popularização do ChatGPT. A Linx, que respira tecnologia, não poderia deixar de trazer esse grande aliado para impulsionar ainda mais o varejo brasileiro”, comemora.

Sobre os benefícios da novidade, Tiago Mello explica que a solução traz para o varejo brasileiro a possibilidade de trabalhar com recursos que permitem alta personalização de atendimento e jornadas mais completas e fluidas ao consumidor final.

“O maior diferencial da solução é a possibilidade de interagir com os clientes de forma humanizada. As ferramentas tradicionais de comunicação, como SMS e e-mail, são frias e permitem apenas o envio das mensagens, sem que haja espaço para respostas ou uma conversa. Com o Linx Chat Commerce, se o cliente responder a mensagem, a ferramenta responde de volta, gerando mais engajamento e podendo até fazer a venda até o final”, completa o executivo.

Mello explica que, “com este upgrade, os varejistas poderão criar, por exemplo, agentes virtuais capazes de ativar os clientes na hora certa, com o produto certo e com a abordagem certa, além de assistentes virtuais que tiram dúvidas sobre um produto dentro da loja e direcionam o consumidor para o produto desejado”. Para ele, os ganhos podem ser resumidos em “agilidade, interação e alta personalização no atendimento ao cliente e vendas”.

De acordo com Bruno Maia, gerente de produtos de inteligência artificial na Linx, são mais de 108 milhões de usuários de WhatsApp no País, número que representa o público que pode vir a ser impactado pela novidade. Com isso, “a expectativa é que, com a solução, o varejista aumente em até 70% o engajamento de seus consumidores, o que pode representar 10 vezes mais conversão e também o aumento do ticket médio em 30%”, detalha Maia.

A nova versão do Linx Chat Commerce já está disponível e chega ao mercado para potencializar ainda mais os resultados de quem utiliza chatbots para atendimento. Ainda antes da atualização, já era possível reduzir o volume de atendimentos humanos em cerca de 68% com a utilização do Linx Chat Commerce, com os consumidores tendo suas dúvidas e pedidos solucionados pela inteligência artificial.

Share This Post

Post Comment