Transformação digital amplia potencial de personalização do varejo: confira 5 benefícios

Transformação digital amplia potencial de personalização do varejo: confira 5 benefícios

Facilidade de compra, integração do sistema, simplificação de processos e multicanalidade estão entre os benefícios citados por CEO da SoftExpert

48% das empresas pretendem investir em transformação digital no varejo ainda neste ano. É o que aponta estudo realizado pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) em parceria com o OasisLab e apoio da Cielo. Segundo os varejistas, entre os principais ganhos com o movimento estão o aumento de receita (77%) e a ampliação do engajamento do cliente (77%). A personalização da experiência do consumidor é um componente-chave para alcançar tais benefícios.

Segundo Hermínio Gonçalves, CEO da SoftExpert Brasil, empresa responsável por oferecer automação a nível global para varejistas e e-commerces, a estratégia exerce um papel central nos negócios online ao ampliar as possibilidades de customização. "O uso de recursos tecnológicos em prol do aprimoramento da experiência do consumidor permite analisar quais fatores podem fazer a diferença na sua jornada de compra e implementar melhorias expressivas, que se refletem na percepção de marca. A personalização é uma das principais características que fazem um negócio ser considerado único pelos clientes. É capaz de destacar o varejista no mercado", diz.

Dentre os varejistas que adotam a solução da SoftExpert estão grandes nomes como Vivara, FastShop, Boticário e Grupo Pereira. A Vivara, por sua vez, adota, utiliza as soluções de automação e integração de processos da companhia. Um dos pontos melhorados foi a redução da quantidade de e-mails circulados entre as áreas corporativas e as lojas, além da evolução na rastreabilidade de informações e o aumento do controle de indicadores.

A pesquisa Consumer Trends 2024 concluiu que a maneira como os clientes interagem e se sentem ao longo de sua jornada com a marca tornou-se um diferencial competitivo crucial para os e-commerces. Isso porque o consumidor atual não somente atribui valor ao produto, mas também à toda interação com a marca. “O desafio, no entanto, é encontrar o equilíbrio entre agilizar processos, ganhar tempo e eficiência enquanto cuidamos do cliente gerando proximidade e relacionamentos saudáveis e a longo prazo”, sinaliza o especialista.

Confira, abaixo, os 5 principais ganhos decorrentes da transformação digital e personalização do varejo:

  1. Facilidade de compra:

A adaptação constante às necessidades dos clientes é uma das maiores dificuldades dos varejistas. Por meio da tecnologia e da automação de processos, recomendações personalizadas e garantia de segurança dos dados são possibilidades para atingir o objetivo em questão.

2. Integração do sistema:

Para as empresas, a análise de dados é essencial para prever a procura e agir rapidamente em novas oportunidades. Ao integrar sistemas e informações, os varejistas começam a compreender os aspectos processuais do negócio, desde a gestão de estoques até a produtividade e gestão de equipes. Além disso, os dados do comércio eletrônico podem identificar as soluções mais vendidas e oferecer sugestões personalizadas adequadas aos consumidores. As informações são necessárias para mapear clientes e criar campanhas de marketing direcionadas.

3. Simplificação de processos:

Por meio da transformação digital é possível inserir processos em nuvem para aumentar a eficiência operacional dos varejistas e eliminar tarefas manuais, reduzindo também o número de erros e permitindo que as equipes foquem mais na análise de dados, comportamentos e tendências dos clientes.

4. Visão completa do pedido:

Outro benefício da transformação digital no varejo é a capacidade de conectar e combinar pedidos em múltiplos canais com uma visão integrada, independentemente da origem de cada compra. A integração de sistemas e a visão completa do pedido também podem melhorar a capacidade de gestão de estoques, um ponto estratégico para os varejistas. A visão global proporcionada pela transformação digital do setor varejista também permite ao varejista utilizar lojas físicas como centros de distribuição.

5. Multicanalidade:

Um dos princípios fundamentais da transformação digital no varejo é a integração entre canais de vendas. Por meio dele, o relacionamento com os clientes passa a ser o mesmo nos ambientes online, offline, marketplace ou e-commerce da marca. Garantir uma experiência unificada do consumidor facilita a gestão diária e proporciona maior governança para o varejista e fidelização do cliente.

Share This Post

Post Comment