BRToken, empresa brasileira desenvolvedora de soluções para autenticação de usuários e assinatura de transações na internet, participa pela sexta vez do Ciab Febraban. Entre os produtos apresentados o destaque será o Token SafeSIGNATURE V2, com melhorias nas teclas de função especificas para leitura e gravação dos dados e design mais arrojado. O token possui dois botões, um para autenticação e outro para assinatura, um display de dez dígitos para melhor apresentação de valores e informações, além de indicador de carga de bateria e legendas customizáveis de acordo com as necessidades  da empresa. É um dispositivo que gera assinatura de transações eletrônicas através de leitura ótica, em que os dados são capturados e lidos a partir de uma imagem piscante gerada na tela de um computador ou aparelho móvel. Proporciona segurança e praticidade ao usuário que poderá checar o que anteriormente foi digitado, e com isso assinar sua transação com a certeza de que a mesma não será adulterada.

Já o SafePKI, que também será apresentado durante o Ciab, é um Token USB, desenvolvido para uso com certificado digital comum que pode ser empregado para assinatura eletrônica de documentos, como contratos de câmbio, armazenamento de eCPF, eCNPJ ou NFe, criptografia de arquivos e assinatura digital de transações. O produto atende à necessidade de instituições bancárias e outras empresas interessadas em usar certificação digital, assim como de usuários finais, por meio de autoridades certificadoras. Uma das principais vantagens é que o PKI virá com software para Windows, Mac e Linux, com interface simplificada e em português para facilitar o uso por usuários mais leigos. Também oferece suporte em português e troca de produtos no Brasil, possibilitando menor custo.

A BRToken apresenta ainda o SafeMOBILE Signature for Windows, uma solução de assinatura de transações, que utiliza tecnologia Intel Protected Transaction Display. Voltado para os usuários de Ultrabooks e PCs equipados com hardware Intel com essa tecnologia, permite que dados de uma transação online (em Internet Banking, e-Commerce, etc.) sejam apresentados no display do ultrabook diretamente pela placa de vídeo, sem passar pelo sistema operacional, ou seja, mesmo que o ultrabook esteja contaminado por um vírus, ele não poderá adulterar os dados da transação, pois o acesso às informações de transação entrarão diretamente pela placa. Por meio da parceria com a Intel, a solução da BRToken para dispositivos móveis possibilita customizações de acordo com a demanda dos clientes.