ODATA destaca a importância das auditorias em data centers

ODATA destaca a importância das auditorias em data centers

Um estudo do Gartner estima que cerca de 75% das empresas terão estabelecido um programa dedicado à sustentabilidade de suas infraestruturas de data center até 2027. Em vista disso, a ODATA, provedora de serviços de data centers para a América Latina, enfatiza a relevância da realização frequente de auditorias em centros de dados. O processo tem a finalidade de se estabelecer como um elemento fundamental na trajetória em direção à eficiência energética, diminuição de emissões e implementação de medidas sustentáveis.

“Assim como em diversos outros setores, as auditorias em data centers são práticas que desempenham um papel fundamental na busca pela sustentabilidade e eficiência operacional das organizações. Por meio dessas avaliações, conseguimos monitorar e garantir a implementação bem-sucedida de programas de sustentabilidade de infraestrutura, auxiliando as empresas a alcançarem seus objetivos ambientais e operacionais”, ressalta Carlos Salata, Gerente da Qualidade da ODATA.

Durante as auditorias em data centers, diversos aspectos são avaliados para garantir a qualidade do ambiente. Entre eles, estão o cumprimento dos acordos entre a companhia e os seus clientes (SLAs), gestão de fornecedores, satisfação dos clientes, identificação de riscos e oportunidades, contratação e treinamento de colaboradores, monitoramento de desempenho, gestão eficaz de mudanças, gerenciamento de capacidade, resposta a incidentes e eficiência energética.

“Essa abordagem abrangente assegura que os processos e procedimentos adotados estejam em conformidade com as melhores práticas e requisitos estabelecidos”, comenta Salata. Nesse sentido, são utilizados diversos padrões e normas como referência para avaliar a conformidade com regulamentações e padrões relevantes – como leis de proteção de dados, normas de segurança e requisitos de privacidade.

De acordo com o executivo, as principais normas e padrões utilizados durante as auditorias incluem a ISO 9001 (gestão de qualidade), ISO 20000-1 (gestão de serviços de TI), ISO 27001 (segurança da informação), ISO 14001 (gestão ambiental), Tier III Design e Facility (avaliação de construção e operação de infraestrutura de data center), LEED Gold (sustentabilidade), ISAE 3402 (relatórios de controles internos na prestação de serviços) e PCI DSS (segurança de dados de cartão de crédito).

Salata ressalta que a preparação para uma auditoria em data centers envolve várias etapas, como revisar os requisitos da auditoria, identificar pontos de risco, analisar o contexto da organização e o escopo da auditoria. “É importante preparar documentação adequada, treinar os funcionários, fazer testes e cooperar com o auditor. O treinamento dos funcionários, a busca por melhorias e a conformidade regulatória são cruciais para garantir a segurança e a conformidade dos data centers.”

Após concluir uma auditoria em data centers, deve-se implementar práticas recomendadas para manter a excelência operacional. Isso inclui corrigir quaisquer problemas identificados, monitorar desempenho dos processos e avaliar a eficácia das ações tomadas, a fim de garantir o cumprimento dos requisitos ao longo do tempo e melhorar continuamente a segurança, resiliência e excelência operacional dos data centers.

A ODATA reforça o compromisso com a conformidade, segurança e excelência operacional em data centers por meio da realização de auditorias regulares e do estabelecimento de práticas recomendadas. “Ao adotarmos abordagens baseadas em padrões e normas reconhecidas internacionalmente, conseguimos promover a qualidade e confiabilidade dos serviços sustentáveis oferecidos aos nossos clientes”, finaliza Salata.

Share This Post

Post Comment