A Dimension Data, multinacional focada em serviços de tecnologia da informação e provedora de soluções de planejamento, suporte e gerenciamento de infraestrutura de TI, anuncia que Mark Slaga, atual diretor de operações para Américas da companhia, será o novo Chief Executive Officer (CEO) da região. Ele sucederá Jere Brown, atual executivo-chefe que irá se aposentar ao final do ano, após quase uma década na organização.

Durante os últimos 13 anos, Slaga ocupou diversos cargos de liderança na Dimension Data e, agora como CEO para as Américas, será responsável pelo comando estratégico da empresa nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, México e Chile. Além disso, desenvolverá estratégias efetivas de crescimento, visando triplicar o faturamento da companhia na região durante os próximos cinco anos.

Mark Slaga traz uma ampla bagagem de habilidades operacionais, corporativas, técnicas e de vendas para sua nova função. Dirigiu todas as operações da companhia ao longo da América do Norte e do Sul, incluindo serviços profissionais, consultoria, serviços gerenciados, terceirização de TI e alianças com fornecedores. O executivo também foi vice-presidente sênior de operações, de soluções, CIO e CTO para as Américas na Dimension Data.

“Seu comprovado histórico de liderança estratégica, de sucesso na execução, de alto desempenho e sua capacidade de team building fizeram de Mark uma escolha lógica para assumir o legado de Jere. Ele e a equipe de Américas nos ajudarão a alcançar as metas globais de faturamento e crescimento”, afirma Brett Dawson, CEO do Grupo Dimension Data. “A sólida liderança e a vasta contribuição de Jere durante os últimos dez anos foram fundamentais na transformação dos negócios e criaram a base para o sucesso continuado nas Américas”, acrescenta.

Com a indicação de Mark Slaga como CEO para as Américas, Scott Macfee assumirá o cargo de COO e supervisionará as operações da Dimension Data na América do Norte e do Sul.

Desde que ingressou na companhia, em 1999, Macfee tem demonstrado habilidade para lidar com transformação organizacional, planejamento e gerenciamento da operação dos negócios, além de inspirar talentos. Nos últimos meses, ele foi o country manager interino da unidade brasileira da empresa, enquanto também liderava a equipe de aquisição e logística de Américas. Antes disso, Scott entregou resultados em uma série de funções diferentes, como diretor de negócios de transformação para as Américas, diretor de operações e diretor de negócios para convergência e segurança.