Segundo um estudo divulgado pela Motorola Solutions, 66% dos armazéns de empresas pretendem automatizar processos nos próximos cinco anos, oferecendo a sua equipe novas soluções tecnológicas. armazem

As razões que mais se repetiram sobre esses planos foram reduzir custos de transporte (36%), diminuir  tempos de entrega (35%), atrair novos provedores e parceiros comerciais (31%) e incrementar a pressão omnicanal (11%).

Em 2018, 35% das companhias planejam ter aumentado quantidade de seus armazéns e centros de distribuição, o que representa  avanço de 71% dos planos de expansão que estão sendo executados na atualidade.

Mais de um quarto dos entrevistados disse que a administração da empresa vê os armazéns e os centros de distribuição como ativos capazes de fazer a empresa crescer.

A pesquisa chamada “Futuro do Armazenamento” foi realizada com 328 profissionais de operações e TI de armazéns nas indústrias de manufatura, comércio varejista, venda atacadista e logística de terceiros. Todas as empresas procuradas tinham renda anual de pelo menos US$ 15 milhões.

“A Motorola Solutions se comprometeu a ajudar as empresas a cumprir esses objetivos automatizando e otimizando os processos, melhorando a flexibilidade para atender à demanda do cliente, e administrando os riscos de maneira mais eficiente”, diz Mark Wheeler, diretor da unidade soluções para armazéns da Motorola Solutions.