O Grupo Liberty Brasil, um dos maiores grupos seguradores do mundo, anunciou hoje uma reformulação do seu modelo de trabalho: a transformação dos seus espaços em Hubs físicos e o uso do conceito para os demais locais de trabalho remoto, chamados de Hubs digitais. O modelo híbrido foi desenvolvido para acompanhar as transformações constantes do mundo, promover conexões significativas entre os funcionários - no formato físico ou digital - e oferecer maior flexibilidade.

Os funcionários trabalharão nos Hubs físicos da companhia apenas a partir da evolução positiva dos índices do Covid no Brasil. Até lá, continuarão trabalhando dos Hubs digitais. O novo modelo contará com jornadas de trabalho que podem variar de acordo com a rotina de cada equipe - a fim de beneficiar e proporcionar uma maior conexão entre os colaboradores. Os formatos foram definidos a partir da estratégia da companhia, das tendências de mercado e da opinião de seus colaboradores, que expressaram uma preferência por um modelo mais flexível.

O novo formato varia entre três modalidades: a primeira é 100% do tempo em home office (Hubs digitais), com até dois dias por mês presenciais; a segunda é híbrida com dois dias por semana em trabalho presencial, e a terceira é 100% presencial, nos Hubs físicos da Liberty.

Para o novo momento do grupo, os escritórios estão sendo ressignificados e transformados em espaços colaborativos que unem as pessoas, em um ambiente versátil, propício para inovar e potencializar o senso de comunidade. O novo modelo é uma alavanca para o digital dentro do grupo, pois aproveita do poder das novas tecnologias que ajudam os colaboradores a se conectarem de onde quer que estejam, favorecendo as interações significativas e conectando o físico com o digital por meio de plataformas de comunicação e co-criação.

A sustentabilidade também é um pilar importante do novo modelo de trabalho, pois, com o regime híbrido, o Grupo Liberty Brasil pode minimizar sua emissão de carbono e utilizar melhor os recursos e materiais. A acessibilidade será priorizada neste período de ressignificação, para que todos os funcionários se sintam acolhidos nos Hubs.

“No último ano e meio, toda a companhia passou por um processo de redescoberta e ressignificação do trabalho, o que fortaleceu ainda mais o nosso propósito. Foi um período de repensar padrões e prioridades, que provou que a nossa operação segue mais unida do que nunca”, observa a CEO do Grupo Liberty Brasil, Patricia Chacon. “Hoje as opções digitais são indispensáveis, e elas se potencializando quando combinadas com espaços físicos que  propiciam a colaboração, inovação, co-criação e fortalecimento de conexões. Por isso, criamos esse modelo personalizado de trabalho, desenhado de acordo com cada função dentro do Grupo Liberty”, completa.

O modelo também contará com a ajuda dos funcionários, com o programa Acelera Minha Ideia - que visa estimular a co-criação e o intraempreendedorismo por meio de um desafio de inovação para os colaboradores. Este ano, a iniciativa tem como tema o novo modelo de trabalho do Grupo Liberty Brasil e, durante o processo, os colaboradores apresentarão suas ideias e sugestões para complementar o novo formato, que poderão ser implementadas pela companhia.

“Eu acredito que o novo modelo dará ainda mais oportunidade de todos os funcionários se conectarem de onde estiverem. Ele é empático com as necessidades das pessoas no mundo moderno, explorando possibilidades de interações digitais. Esperamos que eles se sintam orgulhosos em trabalhar no Grupo Liberty Brasil, sabendo que estamos dando esse importante passo para ficarmos mais prontos para as mudanças do mundo”, completa Patricia.