"Um ambiente de produção conectado é o início da fábrica inteligente", afirma Heinz-Jürgen Prokop, diretor executivo de máquinas- ferramenta da TRUMPF. E completa: "A inteligência artificial é a chave para ganhos de produtividade"

Análise de dados inteligente ajuda a TRUMPF adesenvolver e melhorar as suas máquinas-ferramenta

A TRUMPF estará presente na Euroblech 2018, de 23 a 26 de outubro, em Hannover, mostrando várias soluções para fábricas inteligentes. A empresa irá apresentar uma série de aplicações conectadas digitalmente para o processamento de chapas metálicas, projetadas para tornar os processos de fabricação mais simples e eficientes. "À medida que se tornam cada vez mais autônomas, nossas máquinas estão assumindo mais tarefas e facilitando o trabalho da produção. Mas esses recursos só podem ser acessados em um ambiente de produção inteligente e conectado. A inteligencia artificial é a chave que permite à TRUMPF obter ganhos de produtividade e garantir a vantagem competitiva aos seus clientes ", diz Heinz-Jürgen Prokop, diretor executivo de máquinas-ferramenta da TRUMPF. Prokop observa que o ganho de produtividade não está mais no aumento da potência do laser; em vez disso, o foco está nas máquinas conectadas e nos processos que ocorrem antes e depois da etapa de produção. "Os maiores ganhos de produtividade podem ser alcançados com a conectividade das máquinas e dos processos, combinados com a análise inteligente dos dados", afirma Prokop.

Sistemas de assistência tornam os processos mais confiáveis

A TRUMPF já estabeleceu as bases para a fábrica autônoma, incluindo vários sistemas de assistência em suas máquinas. Um exemplo que torna os processos de corte mais confiava é o Smart Collision Prevention. A programação dessa função já leva em conta as peças inclinadas e, em seguida, desenvolve uma estratégia de processamento em seus cálculos para evitar colisões com o cabeçotede corte. Mais e mais funções de máquina agora controlam processos de forma autônoma. Um exemplo é o Smart Nozzle Automation, uma função que inspeciona periodicamente o bicoe o substitui automaticamente se estiver danificado. E esse não é o único marco no caminho para o corte a laser autônomo que a TRUMPF estará apresentando na Euroblech deste ano em Hannover.

Máquinas que aprendem sozinhas

Totalmente automática, aTruLaser Center 7030 leva todo o conceitode máquinas autônomas para o próximo nível. Da programação à separação das peças, tudo o que ele faz é completamente automatizado. "Já usamos a análise inteligente de dados para melhorar o processo realizado por esta máquina, inclusive incorporando feedback do cliente no banco de dados. Nosso objetivo é aperfeiçoar constantemente todo o sistema. A inteligência artificial é a próxima etapa da Indústria 4.0 ", diz Thomas Schneider, líder do setor de desenvolvimento de máquinas-ferramenta na TRUMPF.

Um bom exemplo é a unidade de descarga daTruLaserCenter 7030. Os pinos que levantamo esqueleto da chapa foram projetados para garantir a remoção eficiente e confiável de peças usando ventosas. Se os pinos não acertarem na primeira vez, a máquinainicia um novo ciclo de remoção de peças por conta própria, sem a necessidade de intervenção. Elarepete este ciclo quantas vezes forem necessárias, até que funcione. A máquina processa e assimila cada uma dessas tentativas de repetição e aprende com elas.

Smart Factory, logística inteligente

A TRUMPF vai apresentar também uma solução de intralogística conectada na Euroblech, algo que já foi testado com sucesso na suafábrica de Chicago e em clientes selecionados.A solução melhora os processos logísticos que são executados no chão de fábrica - por exemplo, o encaminhamento de peças de uma estação de processamento para a próxima.."Os clientes estão economizando cinco dígitos implantando nosso sistema de localização indoor", diz Schneider. "Isso permite que eles reduzam os tempos de pesquisa e priorizem os trabalhos de maneira inteligente".

Isso está se tornando cada vez mais importante porque os tamanhos dos lotes estão diminuindo e os prestadores de serviço de chapas metálicas estão cada vez mais lutando para manter o controle dos trabalhos em todo o processo de produção.

Ao mesmo tempo, os clientes dos prestadores de serviço querem saber em que estágio está o trabalho – um nível de transparência desejado por todos os que fazem negócios online. O sistema de localização permite s clientes da TRUMPF gerenciem seus processos de produção com mais eficiência, satisfazendo as expectativas dos seus próprios clientes.

Máquinas "de autoaprendizagem"
A TruLaser Center 7030 repete o ciclo de remoção várias vezes, se necessário. A máquina processa e assimila cada uma das tentativas de repetição e aprende com elas.  
Inteligência artificial na TRUMPF 

A partir dos dados de uma máquina a laser, totalmente automática, podem ser obtidas melhorias no processo, possíveis de ser aplicadas a todas as máquinas, em todo o mundo.