Devo usar IA na minha empresa? Veja as áreas que podem aplicar tecnologia para impulsionar os negócios

Mais do que automatizar tarefas, a IA está transformando fundamentalmente a maneira como as companhias operam e alcançam seus objetivos. Para se ter uma ideia, o mercado de IA deve atingir US$ 1,3 trilhão em 2032, de acordo uma projeção da BlackRock. Também se estima que as inteligências artificiais aumentem em até 40% a produtividade dos negócios, conforme dados da Accenture, o que leva à iminente e crescente adoção da IA nos processos corporativos.

Tantos dados demonstram que a IA não é mais apenas uma tendência passageira, mas sim uma necessidade real para as organizações se manterem ativas em um mercado global em constante evolução. Dessa forma, especialistas apontam o potencial desta tecnologia e como ela pode estar presente em diversas frentes. Confira, a seguir, os principais setores de aplicação da IA:

Engenharia

A IA vem sendo gradualmente implementada nos canteiros de obras para aprimorar a eficiência, melhorar a segurança e reduzir os custos e os prazos de entrega.

“Ela pode ser usada para analisar dados e prever falhas e atrasos, monitorar o uso de equipamentos e materiais, otimizar projetos e minimizar desperdícios, o que representa uma vantagem significativa para as empresas de construção. A implementação da IA resulta em medições mais precisas, um controle de qualidade mais eficaz e até mesmo na prevenção de acidentes”, destaca André Medina, responsável pela Vetor AG, programa de inovação aberta da Andrade Gutierrez.

Transporte e logística

A logística e o transporte de pessoas e cargas podem ser especialmente beneficiados com o uso das inteligências artificiais, maximizando a eficiência e a otimização de tarefas. “A tecnologia está desempenhando um papel significativo na melhoria das operações de transporte. Essa ferramenta possibilita previsão de demanda, personalização das jornadas, compreensão de padrões de tráfego e mais agilidade no dia a dia”, pontua Bruno Muniz, sócio-executivo da Gaudium.

Saúde

A IA pode contribuir com análise de dados e identificação de padrões que auxiliam o time de saúde no diagnóstico e no tratamento de doenças. “A Inteligência Artificial ainda está sendo aperfeiçoada na área da saúde, mas com as informações corretas é possível analisar e entender o comportamento dos pacientes, avaliar os riscos e sugerir tratamentos preventivos. Com essa tecnologia, o time de saúde consegue ter mais clareza das urgências, ser mais eficiente, ter menos desperdício e, o mais importante, dar maior acesso à saúde para quem mais precisa.”, explica Guilherme Salgado, médico e CEO da 3778, healthtech especializada em saúde corporativa através de IA.

Marketing e Relacionamento Digital

Nas organizações, utilizar as ferramentas de marketing aliadas a IA contribui para a análise de comportamento do usuário e fornece suporte na gestão de anúncios, recomendando possíveis itens de compra conforme as preferências de navegação.

“Além da gestão de anúncios, a Inteligência Artificial pode contribuir personalizando o conteúdo que chegará no cliente, aumentando a quantidade de leads para um produto. Consequentemente, espera-se o aumento das vendas,” explica Hawan Moraes, CEO e fundador da Simples Inovação, empresa com foco em modelagem de negócios para o e-commerce.

Para o relacionamento, o uso de IA generativa aplicada aos chatbots pode auxiliar no atendimento personalizado, analisando interações e dados do cliente, fornecendo conversas humanizadas e precisas, gerando maiores índices de satisfação.

“As marcas que utilizam os chatbots baseados em IA podem oferecer um suporte completo nos canais de mensageria, como WhatsApp Business, Instagram, aplicativos e e-mail. Esse processo pode ser feito 24 horas por dia, priorizando uma boa navegação, desde a busca por um produto até o envio de 2ª via de boleto, informação sobre prazos de entregas e dúvidas. A tecnologia também permite gerenciar um grande fluxo de clientes”, comenta Rafael Souza, CEO da Ubots, empresa especialista em soluções de relacionamento digital.

Mercado financeiro

Apesar de novo, o Pix já pode ser considerado um dos principais meios de pagamento usados no país, batendo o recorde de 168 milhões de transações em um único dia, segundo o presidente do Banco Central.

Com o constante crescimento da utilização do Pix, a IA pode ser essencial para evitar fraudes em sistemas bancários. “Mecanismos de IA ajudam no monitoramento e atuam detectando comportamentos que possam ser considerados suspeitos nas transações. A capacidade de análise da IA é rápida e em massa, o que auxilia os sistemas bancários na eficiência do serviço”, explica Victor Tavares, Founder & CTO da Aarin, tech-fin especializada em Pix e embedded finance.

Share This Post

Post Comment