Gestão de Inovação: qual o potencial para a sua organização?

Gestão de Inovação: qual o potencial para a sua organização?

Por Hermínio Gonçalves, CEO da SoftExpert Brasil 

Nunca se falou tanto sobre a importância da inovação empresarial para garantir processos sustentáveis e criativos que geram soluções e produtos. À medida que a competitividade aumenta, a inovação torna-se um requisito essencial para criar valor para os clientes, gerar soluções e reduzir custos. O mundo respira inovação, e é claro que quem quer se destacar precisa agir.

Infelizmente, na prática, ainda são poucas as empresas que aplicam a inovação. Ela continua sendo um processo opcional em muitos casos. No entanto, uma empresa estagnada provavelmente terá problemas no futuro, visto que, várias concorrentes vão se desenvolver solidamente no mercado e ela ficará para trás.
 

O que é inovação?

Quando as pessoas ouvem a palavra inovação, imediatamente pensam em tecnologia. É claro que inovação também é o desenvolvimento e uso de novas tecnologias, mas isso não é tudo. No mundo dos negócios, a inovação é a habilidade de uma organização sair de sua zona de conforto e descobrir novas formas de crescer.

De um modo geral, o conceito de inovação é a aplicação de novas ideias para melhorar a maneira de fazer algo. Simplificando, inovar é produzir qualquer coisa inusitada a partir de algo que já existe, que pode ser uma tecnologia, processo, produto, serviço ou modelo de negócio, com o intuito de gerar valor a partir da criatividade, tornando-o melhor, e abrindo novos mercados e oportunidades de negócio, diferenciando a sua empresa da concorrência.

No entanto, a inovação por si só não é suficiente, estes objetivos só podem ser alcançados por meio de um processo eficaz de gestão da inovação, que transforme o potencial inovador das ideias em realidades concretas e lucrativas para sua organização.

O que é gestão de inovação?

A Gestão da Inovação é o gerenciamento da coleta de ideias inovadoras, desde o engajamento até os resultados finais. As ideias são inovadoras não apenas porque são novas, mas porque devem criar mudanças positivas para organização, como lucros ou a satisfação dos clientes.

A gestão da inovação é responsável por sistematizar o processo de inovação, determinar quantas etapas e procedimentos serão envolvidos, quais recursos humanos, financeiros e técnicos serão utilizados, e estabelecer a hierarquia e a estrutura decisória que será aplicada para gerar resultados, concretizando ideias. Em suma, a gestão de inovação é a estruturação de um processo concreto de inovação, com começo (captura de ideias e insights), meio (análise, aprovação e priorização das propostas) e fim (saídas e geração de resultados através de projetos).

O processo de gestão da inovação incorpora o pensamento estratégico, pois cada nova proposta é analisada com base nos objetivos organizacionais da empresa para avaliar se ela poderá gerar mudanças significativas. Portanto, podemos definir a gestão da inovação como a maneira pela qual novas ideias são desenvolvidas e refinadas até se tornarem realidade.
 

Qual a importância da gestão de inovação para as empresas?

Já não há qualquer dúvida de que a inovação é fundamental, pois colabora para aumentar a competitividade da empresa no mercado. Quando uma empresa inova, ela é capaz de encontrar soluções efetivas para problemas e alcançar níveis mais altos de eficiência e, é claro, melhorar o desempenho.

A gestão da inovação de uma empresa contribui significativamente para capitalizar os resultados e o crescimento da organização. Investir em inovação dentro de uma empresa tem várias vantagens, como:

Engajamento dos colaboradores

A cultura de inovação dentro da empresa deve ouvir não apenas o público externo, mas também as visões e opiniões de seus colaboradores. Ter processos de inovação permite que você atraia, engaje e retenha seus funcionários, garantindo que eles tenham espaço para sugerir e testar suas ideias na prática. Assim, eles acabam ficando mais motivados quando percebem que podem realmente ajudar a empresa a crescer. Graças a isso, a empresa como um todo pode aprimorar seus processos e alcançar resultados satisfatórios.

Vantagem competitiva e crescimento da empresa

Como já dito, é importante ressaltar que investir em inovação dentro de uma organização pode lhe dar maior vantagem competitiva sobre a concorrência. Isso significa que as empresas investem não só na sua sustentabilidade, mas também na sua continuidade nos mercados em que atuam.

A partir do momento em que você ganha uma vantagem competitiva, a probabilidade de desenvolvimento e crescimento da empresa aumenta consideravelmente, permitindo que ela alcance o sucesso que almeja e espera.
 

Otimização de processos

Este pode ser um dos maiores desafios que as organizações enfrentam: a otimização contínua de seus processos. A boa notícia é que as empresas com cultura de inovação estão constantemente avaliando seu desempenho. Sem dúvida, isso é essencial para reduzir as perdas financeiras, aumentar a produtividade e garantir a eficiência do negócio.

Valorização do produto e da marca

Produtos inovadores podem ter maior valor agregado. Como resultado, as margens de lucro também se tornam maiores. Afinal, são produtos que realmente podem mudar a experiência do consumidor.

Além disso, cabe destacar que investir em inovação a longo prazo acabará por melhorar a imagem e a reputação da empresa no mercado, tornando-se referência, uma vez que mostra aos consumidores que a empresa está constantemente em busca de novas tecnologias, processos, produtos e serviços, que vão colaborar para a sustentabilidade do negócio.

Abertura de novos mercados

Por meio da inovação, deficiências em produtos, serviços, tecnologias, processos e modelos de negócios podem ser identificadas e soluções inovadoras podem ser desenvolvidas. Com isso, é possível abrir novos mercados ou até mesmo descobrir um nicho de mercado inexplorado.

Quer transformar sua organização com a gestão da inovação?

Agora que você sabe o que é gestão da inovação, quais são seus benefícios e por que ela é tão importante para sua organização, o importante é implementar nos negócios, não apenas para se manter no mercado, mas também para ganhar competitividade e se tornar referência. Para isso, é necessário ter assertividade para apostar em ferramentas que impulsionam ideias criativas e aproveitem ao máximo as novas tecnologias.

Share This Post

Post Comment