Centro de Inovação Microsoft (Microsoft Innovation Center – MIC) Joinville, sediado na Sociedade Educacional de Santa Catarina (Sociesc), desenvolveu um projeto em parceria com a Defesa Civil do município para realizar o monitoramento 24 horas das enchentes na região. Por ser uma área que já sofreu muito com problemas de alagamento, a ideia foi desenvolver um aplicativo para Windows Phone de forma que as informações fossem instantâneas e de fácil acesso para autoridades e também para a população.cidades inteligentes

O projeto “FloodFree”, como foi batizado, desenvolveu uma aplicação completa, que se divide da seguinte forma: dispositivos com sensores instalados nos postes, equipados com bóias e GPS, detectam a elevação do nível de água e fazem a transmissão automática de dados. Por meio de um sistema baseado no Windows Azure (plataforma de computação em nuvem da Microsoft), os dados são recebidos e disponibilizados em tempo real. Entra em cena então uma aplicação para recepção e visualização dos pontos alagados. A população pode acessar as informações por meio de um aplicativo para Windows Phone, além de um site na internet, que informa em tempo real a situação referente às enchentes.

Segundo Paulo Iudicibus, diretor de inovação da Microsoft Brasil, o principal objetivo dos Centros de Inovação Microsoft é por meio da parceria entre a iniciativa privada, pública e instituições acadêmicas gerar inovação que transforme a vida das pessoas a partir do uso da tecnologia. “Vemos uma tendência na geração de aplicativos para Windows Phone que contribuam para a criação de cidades inteligentes. Para a Microsoft é fundamental contribuir para a inovação local e ainda impactar a vida dos cidadãos de Joinville”, disse o executivo.

De acordo com Luiz Carlos Camargo, coordenador do MIC Joinville, todo o sistema já foi testado como protótipo e seus resultados foram excelentes. “Nesta parceria com a Defesa Civil, podemos integrar o uso da tecnologia com as necessidades diárias da cidade, tanto das autoridades quanto da população. Isso mostra como uma inovação abre novas possibilidades no cotidiano das cidades”, comenta Camargo.

Para o coordenador de Prevenção da Defesa Civil de Joinville, Maiko Richter, a informação é fundamental para a gestão de riscos ou desastres. “O projeto vem suprir a necessidade de um monitoramento em tempo real, das condições nas principais vias de trânsito da cidade. Com o efetivo funcionamento do projeto, poderemos disponibilizar a informação de trafegabilidade e ocorrência de inundação em determinada região, evitando o deslocamento de pessoas para estas áreas, diminuindo  a população vulnerável”, explica Richter.