A Fujitsu anuncia lançamento no Brasil do ScanSnap SV600, primeiro scanner da companhia capaz de digitalizar sem contato com a superfície do documento original. Para utilizá-lo, o usuário coloca os itens desejados sobre uma mesa para que sejam digitalizados. O scanner trabalha com uma grande variedade de objetos: documentos encadernados ou grampeados até tamanho A3, tais como cadernos, jornais, catálogos, cartões de visita, materiais frágeis e objetos com até 3 cm de espessura. O equipamento também produz imagens de alta qualidade de objetos 3-D.

O SV600 eleva a um novo patamar a operação com um botão. O recurso de digitalização contínua possibilita capturar automaticamente uma nova imagem assim que a página é virada. O scanner permite digitalização instantânea: tudo que o usuário precisa fazer é colocar um ou mais documentos sobre a superfície e pressionar um botão e, em apenas três segundos, o documento digital está pronto para uso em PC ou Mac, na nuvem ou via smartphone e tablet.

“O Fujitsu ScanSnap SV600 abre um novo mundo de possibilidades. O uso é intuitivo e muito didático, permitindo uso com maior rapidez”, explica Nelson Yassuo Osanai, diretor executivo de vendas da Fujitsu.

Segundo da companhia, o dispositivo digitaliza vários documentos ou objetos em uma única digitalização, sem a necessidade de organizar o material sobre a superfície. Já que o scanner alinha e separa documentos automaticamente após a captura. A capacidade de lidar com uma grande variedade de originais, a operação intuitiva e a digitalização instantânea são alguns dos atributos do scanner.

O novo equipamento é compatível com o sistema operacional Windows, em padrão, e o Mac OS, através de download, e estará disponível a partir deste mês.