Como o próprio nome sugere, o spyware é um software espião e uma das principais ameaças na internet para empresas e pessoas. O spyware é um tipo de malware (ou software malicioso) que infecta dispositivos para roubar informações. Ele trabalha como um agente secreto que reporta as atividades da vítima para o cibercriminoso, como, por exemplo, os hábitos de uso na internet e informações confidenciais.

Devido às suas características de espionagem, os spywares são difíceis de serem detectados até mesmo por ferramentas de proteção contra ameaças. Geralmente, esse tipo de malware está escondido em softwares que são baixados na internet e pode até mesmo ser instalado com a sua permissão quando você aceita termos e condições que não leu com cuidado.

Como spyware infecta máquinas

Assim como qualquer ameaça perigosa, o spyware pode infectar dispositivos de diversas maneiras. Quando você abre anexos que recebeu por e-mail, faz downloads em sites suspeitos ou aceita termos de uso sem ler primeiro, pode estar correndo o risco de ser infectado por um spyware. É importante ressaltar que, se você instalou um programa e minutos depois o desintalou, o spyware continuará na sua máquina.

A grande questão é que, uma vez instalado no sistema operacional, ele vai começar a trabalhar secretamente, sem que você perceba, monitorando as suas atividades com o objetivo de alimentar o cibercriminoso com informações valiosas que depois serão usadas em outros golpes e esquemas.

Como spyware funciona

Como agora você já sabe, o grande perigo envolvendo spyware é que ele permite que o criminoso tenha acesso a tudo o que a vítima faz no computador dela. Por exemplo, o malware pode registrar toques de teclas, fazer prints de telas, acompanhar históricos na internet e, em caso mais graves, até assumir o controle do computador.

Agora imagine o estrago que um spyware pode causar em uma empresa, vigiando funcionários e roubando informações importantes. O spyware é um malware particularmente perigoso para empresas porque pode, por exemplo, roubar dados financeiros, como senhas de contas bancárias e de contas de e-mails e dados de cartão de crédito.

Quais são os tipos de spyware

Existem muitos tipos de spyware. Eles são categorizados de acordo com a função que desempenham. As principais categorias são essas 5:

1. Keylogger ou Monitor de Sistema

Eles são os spywares que monitoram e registram qualquer tipo de atividade que seja realizada no computador, incluindo os toques de teclas e websites visitados.

2. Adware 

Esse é o tipo de spyware usado para fins comerciais e de marketing. Ele rastreia a sua navegação na internet com o objetivo de oferecer produtos e serviços.

3. Spyware Cookie 

É um tipo de spyware que tem propósitos de fazer propaganda de produtos e também de serviços, registrando as atividades do usuário na web.

4. Browser Hijacker

Eles são aqueles spywares responsáveis por registrar tudo o que você faz no navegador de internet. Além disso, também podem alterar configurações de navegação.

5. Trojan

Eles são spywares que se escondem em softwares aparentemente legítimos para permitir que o hacker tenha acesso ao dispositivo ou para transmitir informações confidenciais.

Como se proteger de spyware

Infelizmente, um dispositivo mais lento do que o comum é um dos poucos sinais que podem denunciar que a máquina está infectada por spyware. Neste caso, você vai precisar executar uma varredura com um software de segurança. Existem muitas ferramentas de remoção de spyware na internet. Apenas tenha cuidado com a sua escolha.

Como a gente gosta de dizer, a prevenção é a melhor defesa. Por isso, não abra e-mail suspeitos, não navegue em sites suspeitos e muito menos faça downloads de arquivos suspeitos que podem estar infectados com diferentes tipos de ameaças. Tenha cuidado também com as pop-ups. Você não vai querer instalar um spyware sem querer, ou vai?

Fonte: https://gatefy.com/pt-br/postagem/o-que-e-spyware/