Quando fez sua oferta de ações públicas, em 2004, o Google ainda não tinha presença física no Brasil, mas já estávamos presentes na vida das pessoas. Era o auge da rede social Orkut e os brasileiros representavam cerca de dois terços dos usuários. Na época, a popularidade do Gmail fez com que nosso serviço gratuito de e-mails logo ganhasse uma versão em português. Enquanto isso, a Busca se tornava cada vez mais relevante no cotidiano.

Em 20 de julho de 2005, há exatos 15 anos, essa história ganhou um capítulo local que aumentou nosso compromisso com os brasileiros e também levou a nossa brasileirisse para dentro do Google.

Valorizando o talento nacional

Nesse dia, o Google oficializou a compra da Akwan Information Technologies, uma empresa brasileira que fornecia serviços de busca e que, assim como o Google, foi criada por acadêmicos, mais precisamente, por professores e estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte. Além de fazer pesquisa de ponta, o objetivo da Akwan era desenvolver um buscador 100% nacional, o Todobr.

Os fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, em visita ao então escritório do Google em Belo Horizonte, em 2006
Pouca gente sabe, mas o processo de compra começou no ano anterior, quando o Google estava em busca de novos negócios para adquirir e um brasileiro que já trabalhava na empresa, Luiz André Barroso, hoje vice-presidente de engenharia, sugeriu uma visita a Belo Horizonte para conhecer a Akwan e sua equipe de 12 engenheiros especializados em tecnologia de busca.

Em pouco tempo, o trabalho do time de especialistas brasileiros ganhou reconhecimento da nossa sede em Mountain View e, em novembro de 2006, foi inaugurado em Belo Horizonte o primeiro Centro de Pesquisas e Desenvolvimento do Google Inc. na América Latina.

Hoje, o "escritório de BH" reúne 181 profissionais -- 174 são engenheiros, incluindo profissionais vindo de países como Peru, Argentina, Colômbia, Venezuela e Índia. Além de ser uma referência em desenvolvimento de algoritmos para a Busca, esse time é responsável por outros projetos importantes, como o Family Link, aplicativo que ajuda famílias a criarem hábitos digitais saudáveis em seu dia a dia, e tecnologias de combate a ataques de phishing e spam.

Durante este momento desafiador que enfrentamos com a pandemia, os engenheiros de Belo Horizonte foram fundamentais para o desenvolvimento do painel informativo da Busca sobre a COVID-19, que é usado no mundo todo com dados oficiais da Organização Mundial da Saúde e também do Ministério da Saúde, no caso do Brasil. Como já falamos, o painel sobre COVID-19 faz parte de diversas iniciativas focadas em apoiar o país a atravessar este período difícil.

Excelência em negócios

Alguns meses depois da aquisição da Akwan, o Google abriu seu escritório de negócios em São Paulo, um dos primeiros da América Latina. Na época, Sergey Brin, co-fundador do Google junto com Larry Page, contou ao jornal Folha de S.Paulo que o Brasil não podia ser ignorado e que o país era um dos maiores mercados mundiais em termos de tráfego no buscador.

Assim como os engenheiros de Belo Horizonte, nosso time de vendas rapidamente se provou capaz de entregar resultados, inovação, criatividade e ajudar clientes na adoção de novas tecnologias. Logo depois da chegada do Orkut, em 2005, o Google também passou a exibir anúncios dentro da rede social, impulsionando a conexão entre marcas e consumidores. Anos depois, a rede social ganharia um formato de anúncio gráfico na home e, por conta do grande número de usuários brasileiros, passaria a ser gerida pelo Google Brasil em 2008.

Inauguração das novas instalações do Centro de Engenharia de Belo Horizonte, em 2016
Nos anos seguintes, fomos aumentando nossa relevância. Abrimos espaços importantes como o Campus de São Paulo do Google for Startups e o Google Partner Plex São Paulo, ambiente para discutir estratégias, desafios e oportunidades de negócios com clientes e parceiros. Hoje, o time é formado por gerentes de contas, analistas, engenheiros de inovação comercial, gerentes de parcerias e muitos outros profissionais que transformaram o escritório de São Paulo em uma referência global quando o assunto é usar as nossas ferramentas para gerar novos negócios, ajudando empresas de todos os tamanhos e tipos a explorar o potencial do digital.

Foco nos brasileiros

Nossa trajetória também é marcada por um esforço por priorizar o usuário brasileiro. Em 2007, lançamos a versão local do Google Maps e o Centro de Engenharia de BH foi o responsável pela adaptação do serviço. No mesmo ano, também lançamos a versão em português do YouTube. Dois anos depois, chegaram ao Brasil os primeiros telefones Android, nosso sistema operacional móvel. Em 2010, o Google Street View foi lançado por aqui. A partir daquele dia, quem acessava o Google Maps podia passear virtualmente por 51 cidades brasileiras. O país foi o primeiro da América Latina a ser contemplado pelo serviço. Em 2014, recebemos o primeiro hardware do Google, o Chromecast, a tempo de assistir à Copa do Mundo daquele ano. Na mesma época, lançamos o Street View dos 12 estádios que sediaram os jogos.

Também incorporamos os grandes momentos da cultura brasileira, seja em nossos Doodles em homenagem ao país, seus festejos e personalidades da música e da literatura, bem como na preservação da memória nacional, a exemplo da visita virtual ao Museu Nacional, no Rio de Janeiro, com imagens captadas antes do incêndio em 2018, e da maior coleção já reunida sobre o pintor Cândido Portinari - ambas disponíveis no Google Arts & Culture.

Hoje, o Brasil figura entre os top cinco na nossa lista de nove produtos do Google com mais de um bilhão de usuários: Busca, Android, Chrome, YouTube, Maps, Play Store, Fotos, Drive e Gmail. Ao todo, já somos mais de 1.100 funcionários trabalhando nas diferentes instalações do Google no país, que incluem também o o YouTube Space, no Rio de Janeiro.

Doodle em homenagem à Copa do Mundo 2014, realizada no Brasil
Compromisso com o Brasil

Com o objetivo de entender como essa jornada de 15 anos impactou a vida dos brasileiros, pedimos à empresa de pesquisa Kantar que entrevistasse 1.100 pessoas on-line por todo o país para avaliar o antes e depois da rotina dos brasileiros em relação a mais de vinte de nossos produtos. De acordo com a pesquisa inédita, 81% dos entrevistados acreditam que o Google contribuiu positivamente para a sociedade e que nossos produtos ajudaram a melhorar a vida dos brasileiros em diferentes áreas, em especial no estudo e trabalho.

Além disso, também acabamos de lançar a versão mais recente do nosso Relatório de Impacto Econômico, mostrando que em 2019 as nossas ferramentas de Busca e publicidade - além do YouTube e do Google Play, incluídos pela primeira vez no estudo - ajudaram a movimentar R$ 51 bilhões em atividade econômica no Brasil. No total, mais de 188 mil empresas, publishers, ONGs, criadores e desenvolvedores no país se beneficiaram de nossas ferramentas.

Seguimos firmes em nosso compromisso com o Brasil, trabalhando com o objetivo de ajudar os brasileiros em seu cotidiano por meio da tecnologia, democratizando o acesso à informação e ao entretenimento, apoiando pequenas e grandes empresas, levando educação e treinamento para todas as regiões do país e auxiliando cada um em suas tarefas diárias.

Que venham os próximos 15 anos! #15AnosGoogleBrasil