A Nvidia está promovendo avanços em sua tecnologia de inteligência artificial para entendimento de linguagem que define novos recordes de desempenho do uso dessa tecnologia em conversação. A fabricante disse que sua plataforma de IA agora tem o registro de treinamento mais rápido, a inferência mais rápida e o maior modelo de treinamento de seu tipo até hoje.

Ao adicionar otimizações importantes à sua plataforma (incluindo GPUs), a Nvidia tem como objetivo se tornar a principal fornecedora de serviços de IA de conversação, que se diz limitada até o momento devido a uma ampla incapacidade de implantar grandes modelos de AI em tempo real.

"Ao contrário da IA ​​transacional, que é muito mais simples, a IA de conversação usa contexto e nuance e as respostas são instantâneas", explicou Bryan Catanzaro, vice-presidente de pesquisa aplicada em aprendizagem profunda da Nvidia, em coletiva de imprensa. Como tal, os modelos para IA conversacional precisam ser extremamente grandes e em tempo real para funcionar com compreensão em nível humano.

Quanto aos avanços em seu desempenho, a Nvidia informou que estabeleceu o recorde mundial do modelo de linguagem BERT (Google-built Bidirectional Encoder Representations ou Representações de codificador bidirecionais com base no Google, na tradução livre). A companhia treinou um grande modelo BERT em 53 minutos em seu servidor de deep learning, o DGX SuperPOD, utilizando o paralelismo de modelo, uma maneira de dividir uma rede neural quando os modelos são grandes demais para caber na memória de uma única GPU.

"Sem esse tipo de tecnologia, pode levar semanas para treinar um desses grandes modelos de linguagem", disse Catanzaro. Enquanto isso, a Nvidia disse que também tem a inferência de BERT mais rápida, em 2,2 milissegundos, e o maior modelo treinado em 8,3 bilhões de parâmetros. "Modelos de linguagem grande estão revolucionando a IA para a linguagem natural. Eles estão nos ajudando a resolver problemas deste tipo, que são excepcionalmente difíceis, nos aproximando do objetivo da IA ​​verdadeiramente conversacional", complementa.

Fonte: https://canaltech.com.br/inteligencia-artificial/nvidia-bate-recordes-com-sua-plataforma-de-inteligencia-artificial-146721/