Nos últimos sete meses, o home office se tornou parte principal da rotina da maioria das empresas. Com isso, surgiu também a necessidade de mudanças e adaptações em diferentes áreas de atuação. E, a atualização dos contratos de trabalho é uma tarefa essencial, já que a prestação de serviço continua a mercê de direitos e obrigações.

Para uma empresa de pequeno porte, fazer aditivos nos contratos de trabalho de alguns funcionários não é uma tarefa tão complicada, porém, para uma organização com milhares de colaboradores, tal missão se torna extremamente complexa.

Diante desse fato, o netLex, legaltech que criou uma ferramenta capaz de automatizar de maneira inteligente todo o processo que envolve a gestão de contratos, trouxe uma solução prática e bastante eficiente, principalmente para as grandes empresas.

O home office é uma opção de trabalho que deve ter ajustes definidos entre empregadores e contratados, e ambos precisam estar de acordo com todos os pontos acertados.

Mas, não basta apenas acordar tudo de maneira informal. Para preservar o direito de ambas as partes, é preciso que a mudança do regime presencial para o teletrabalho seja formalizada por um acordo entre empregador e empregado. "A MP 927 isentava as empresas dessa obrigação, mas com o fim da sua validade, ressurgiu a obrigação de formalizar o regime de teletrabalho", explica o CEO do netLex Flávio Ribeiro.

Com a funcionalidade oferecida pelo netLex, e através de um worflow inteligente, as alterações nos contratos de trabalho podem ser feitas em massa de forma rápida e automática, possibilitando a criação e assinatura dos acordos em pouquíssimo tempo.

Uma maneira simples para desafogar a demanda dos setores que cuidam das relações trabalhistas nas empresas, otimizando o tempo e garantindo qualidade e eficiência nos documentos.