O desperdício de papel é algo bastante discutido na gestão das empresas. Segundo o IDC as impressões impactam entre 1% e 3% no faturamento anual de uma empresa, sendo parte desse percentual gerado por cópias desnecessárias.outsourcing_impressao

Com um portfólio de serviços especializados em outsourcing de impressão para os mais diferentes perfis corporativos, a Simpress resolveu complementar suas práticas de gestão responsável e adotar um deles em sua companhia – contrariando o dito popular sobre espeto em casa de ferreiro.

Sob uma demanda mensal inicial de 119 mil cópias por mês, a Simpress implantou em seu parque de impressoras a solução de follow-you print com uso de RFID – identificação por radiofrequência - para liberação segura dos documentos por meio de crachá. O colaborador aproxima-o no sensor instalado no próprio equipamento e libera a impressão já solicitada, evitando o extravio.  Hoje, a economia já é de 15% e o desperdício foi erradicado.

São muitos os benefícios, além da economia. Impressões solicitadas e “esquecidas” em fila são deletadas automaticamente após um período estipulado no software. A ferramenta também garante a discrição ao imprimir documentos restritos, mantendo a sua confidencialidade.

Outra vantagem é customização das permissões. A Simpress determina propriedades como cor, modo rascunho, tamanho e tipo de papel, impressão frente e verso, até mesmo a quantidade de páginas – tudo por grupos de logins. Essas políticas são claras a todos e possibilita cada usuário administrar suas necessidades. Hoje, 630 funcionários têm o benefício cadastrado e a intenção é ampliar para toda a base.

Todas as impressões são identificadas no rodapé com nome, data e horário da solicitação. É possível suprimir essas informações, caso o documento impresso não possa tê-los, sem comprometer o controle. O sistema pode gerar relatórios completos a qualquer momento, onde é possível mapear os índices de toda a empresa. Esses são importantes para desenvolver outras estratégias da gestão responsável, além de melhorar, cada vez mais, o atendimento ao cliente interno.