A Panasonic, fornecedora da indústria de computadores robustecidos, handhelds e tablets, anunciou a venda de equipamentos ultrarresistentes para a Policia Militar Rodoviária do Paraná. A aquisição faz parte da segunda fase do projeto iniciado em dezembro de 2011, que tornou o Estado pioneiro na implantação de solução tecnológica de ponta para vigilância e patrulhamento das estradas. Desde a implantação da solução, a Polícia Rodoviária registrou um aumento de 20% dos autos de infração, melhorando a eficiência de fiscalização do Estado.Toughbook panasonic

“O Paraná está colocando nas rodovias o que há de mais avançado na fiscalização de rodovias e na segurança pública. As caminhonetes serão o padrão das demais viaturas, que serão trocadas nos próximos anos, melhorando a segurança nas nossas rodovias”, disse o governador do Paraná, Beto Richa.

 

As 22 viaturas novas, modelo Hillux, são equipadas com a mesma tecnologia usada em viaturas como das policias de Nova Iorque e Londres, com Panasonic Toughbook U1, resistente a derramamento de líquidos, quedas de até 1m80 e variações bruscas de temperatura e trepidações. O computador pode acompanhar o policial fora ou dentro do carro, ficando acoplado internamente a uma doca veicular, ligada a um PDRC de 12 polegadas(sigla para Permanent Display, Removable Computer, ou seja, monitor sensível ao toque, resistente e retrátil), teclado bluetooth e impressora térmica, que imprime a ocorrência no local. O equipamento conta ainda com uma solução elétrica para evitar consumo maior de bateria e surto de tensão, evitando queima dos aparelhos.

 

Atualmente, 60  computadores da Panasonic Toughbook já são utilizados pela Polícia Rodoviária Estadual do Paraná. Os novos veículos vão reforçar o patrulhamento numa época crítica para a segurança nas estradas, os feriados de Natal e Ano Novo e a temporada de férias de verão.

 

“Somos líderes desse mercado nos Estados Unidos, onde temos uma grande experiência no setor de segurança pública e militar”, afirmou o gerente nacional da Panasonic Toughbook, Rogerio Rosenzveig.

 

Rosenzveig destaca entre os benefícios proporcionados pela solução tecnológica o aumento da eficiência policial, que poderá acessar os bancos de dados da Secretaria de Segurança Pública, Detran e dos departamentos Penitenciário e de Criminalística.

 

Além disso, o computador elimina rasuras típicas do uso de papel, reduzindo os erros nas emissões de multas e agilizando a impressão de vias dos autos de infração para o infrator e a polícia. Por possuir GPS, fornece a exata localização da ocorrência. O dispositivo é altamente eficiente para casos de emergência, como  queda de barreira na rodovia, quando o policial poderá tirar fotos e avisar a Central em tempo real.

 

“Outro dado fundamental da tecnologia é o aumento da produtividade dos policiais, que leva a uma melhoria de fiscalização para o Estado”, disse Rosenzveig. Desde que introduziu os computadores Panasonic Toughbook em dezembro de 2011, a Polícia Rodoviária do Paraná registrou um aumento de 20% na fiscalização.

Tradição e pioneirismo

Os computadores portáteis Toughbook são totalmente desenvolvidos nas instalações da Panasonic, certificadas pela ISO-9001 e ISO-14001, em Kobe, no Japão. A Panasonic fabrica internamente todos os principais componentes, exceto CPUs e os discos rígidos, e é a única fabricante de computadores portáteis sem fio que desenvolve e fabrica sua própria antena, a qual supera as exigências de rede sem fio das principais operadoras.

Os notebooks Toughbook disponíveis no Brasil são voltados a quatro principais necessidades: totalmente robustos, que atendem às normas militares (MIL-STD-810G) e são classificados de acordo com os padrões internacionais de proteção contra entrada de resíduos (IP); uma linha especial 100% preparada para uso em áreas restritas (sujeitas a explosões); os semirobustos e também os robustecidos para uso de executivos e profissionais com uso frequente em viagens e em grandes deslocamentos no seu dia a dia.

O Toughbook U1 é ideal para os profissionais que necessitam de mobilidade constante e conta com GPS, conexão Wi-Fi e wireless 3G. Por ser um modelo compacto e de fácil acesso, foi utilizado no histórico resgate dos mineiros no Chile.